Donos do Touro de Ouro são multados em R$ 38 mil

Comissão da prefeitura entendeu que a estátua era uma peça de publicidade de uma das patrocinadoras, ferindo a Lei Cidade Limpa
-Publicidade-
Escultura gerou protestos e foi vandalizada antes da remoção
Escultura gerou protestos e foi vandalizada antes da remoção | Foto: Divulgação

O Touro de Ouro, escultura que estava no centro de São Paulo, gerou uma multa de R$ 38 mil para a empresa responsável pela instalação.

O símbolo de Wall Street, no centro financeiro de Nova Iorque, foi colocado em frente à sede da Bolsa de Valores (B3) da capital paulista sem o aval da Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU).

A multa foi recomendada pela própria CPPU à empresa DMAIS Arquitetura e Construção, que também ordenou que o Touro de Ouro fosse removido por conter elementos de publicidade que faziam referência a um dos patrocinadores da obra.

-Publicidade-

Na multa aplicada pela Subprefeitura da Sé na terça-feira 29, a gestão municipal comunicou que a obra feriu o artigo 39 da Lei Cidade Limpa, “por instalar, colocar ou exibir anúncio publicitário, em imóvel público ou privado, edificado ou não, sem a necessária licença de anúncio”.

Reavaliação para a volta do Touro de Ouro

A estátua foi retirada da frente da B3 na terça-feira 23 e levada para um depósito. A decisão sobre a remoção foi tomada por cinco votos a quatro, entre os dez conselheiros da CPPU.

O arquiteto responsável pela empresa, Rafael Brancatelli, ingressou com um pedido de reavaliação pelo órgão sobre a exposição do Touro na cidade.

No pedido, Brancatelli afirma que precisa de mais prazo “para apresentar argumentos para explicar o caráter artístico e não publicitário da obra, podendo até talvez solicitar que a escultura seja itinerante” na cidade.

Por meio de nota, a gestão Ricardo Nunes (MDB) confirmou o pedido de reavaliação para a obra, mas disse que o órgão não tem prazo para reavaliar o caso.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Em frente a prefeitura de SP tem um acampamento de moradores de rua… Essa é a ideia de cidade limpa dos esquerdalhas. Precisa dizer mais alguma coisa?

  2. Se fosse uma barraca de ambulante vendendo produtos de origem duvidosa, poderia permanecer lá para o resto da vida. Como ocorre em todo centro de São Paulo.
    Bando de hipócritas!

  3. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkķkkkk Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.