Em 2021, Ministério da Infraestrutura estima R$ 130 bilhões de investimentos privados

Por volta de R$ 10 bilhões devem ser captados nos próximos dias, quando ocorre o que ministro chamou de 'Infra Week'
-Publicidade-
O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas
O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas | Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o governo federal pretende levantar cerca de R$ 130 bilhões em investimentos privados no decorrer de 2021. Por volta de R$ 10 bilhões devem ser captados nos próximos dias, quando ocorre o que ele chamou de ‘Infra Week’ — entre 7 e 9 de abril, a pasta de Freitas promove uma bateria de 28 concessões, entre aeroportos, terminais portuários e ferrovias, à iniciativa privada.

“Até o fim do ano, devemos transferir mais 50 ativos para a iniciativa privada, o que significa mais R$ 100 bilhões, R$ 130 bilhões em contratos assinados”, revelou Freitas em entrevista à CNN na segunda-feira 5. “Na semana que vem já serão R$ 10 bilhões, mas tem muito contrato grande para vir ainda, como os terminais do Porto de Santos, a privatização do porto do Espírito Santo, que já está com o projeto quase finalizado. Tem a licitação de rodovias do Paraná, enfim muito investimento ainda para ser gerado no curto prazo.”

-Publicidade-

Segundo o ministro, sua pasta deve ter mais 100 contratos de concessão ativos até o fim de 2022, gerando a soma de R$ 260 bilhões extras — valor equivalente a 40 vezes o orçamento anual do Ministério de Infraestrutura.

Leia também: “Governo promove o maior leilão do setor aeroportuário”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.