Estudante de homeschooling barrada na USP ganha oportunidade no Vale do Silício

Elisa de Oliveira Flemer, de 17 anos, recebeu o convite da empresa StartSe University
-Publicidade-
Elisa de Oliveira Flemer poderá entrar em universidades norte-americanas
Elisa de Oliveira Flemer poderá entrar em universidades norte-americanas | Foto: Divulgação

A estudante Elisa de Oliveira Flemer, proibida pela Justiça de cursar engenharia civil na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) por ter adotado o homeschooling — modalidade de ensino que busca ensinar pessoas fora do regime tradicional —, ganhou uma bolsa para fazer um curso de curta duração no Vale do Silício, uma região localizada na Califórnia, nos Estados Unidos, onde estão situadas companhias de alta tecnologia.

O convite foi feito pela StartSe University, empresa de educação voltada para a nova economia, que se comprometeu a custear todos os gastos da estudante durante o período do curso, com duração estimada em sete dias. A instituição ofereceu, ainda, um curso on-line para Business Administration (Administração de Empresas) em uma faculdade dos Estados Unidos. Caso queira, Elisa poderá fazer parte do grupo de estagiários da StartSe University.

Leia também: “Projeto de homeschooling avança na Câmara”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários

  1. Esse é o Brasil do atraso!!!
    Mais de 30 anos de socialismo virulento nos dão a certeza de não desenvolvimento!!!
    Infeliz do povo que tem um PT, PSOL, PSDB, PCdoB, REDE, CIDADANIA, PDT, …, e mais umas duas dezenas de grupamentos nos segurando, isso tudo junto a um punhado de artistas intelectualmente desprovidos de qualquer instrução e lógica, juntos a uma imprensa corrupta, a doutrinadores transvestidos de docentes pesquisando como quilombolas faziam sexo no século XIX, e aos mais de 17.200 Sindicatos!!!
    Vamos que ficamos!!!

  2. Meus dois netos Americanos foram educados dentro de casa por minha filha desde a alfabetização. O mais velho ganhou uma bolsa de estudos da Simpson University California. A mais nova está terminando o HighSchool e escolhendo qual carreira seguirá.
    O Brasil precisa imitar o que é bom, mas só imita o que não é.
    Após o pronunciamento do Presidente Bolsonaro, hoje, começo a acreditar que teremos mudanças para melhor. Foi um tremendo CALA-BOCA aos picaretas canalhas do “stf”. O Presidente não falaria o que falou se não tivesse retaguarda. Aguardemos o posicionamento do ninho de ratos (congresso). Artigo 5 da Constituição nessa corja e João 8-32. Brasil acima de tudo.

  3. Parabéns à estudante Elisa, continue motivada e quem sabe volte para montar um negócio, gerar empregos de qualidade e riquezas para o nosso país. As universidades brasileiras precisam se modernizar.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro