Conheça o drone armado com mísseis do Exército brasileiro

A aeronave vai receber um sistema de arma leve e guiada que poderá atingir alvos em movimento
-Publicidade-
Fábrica da XMobots, no interior de São Paulo, onde é produzido o <i>drone</i> brasileiro
Fábrica da XMobots, no interior de São Paulo, onde é produzido o drone brasileiro | Foto: Divulgação

O drone brasileiro Nauru 1000C — utilizado pelo Exército em missões estratégicas e de Inteligência — terá uma versão armada. A aeronave, da empresa brasileira XMobots, vai receber um sistema de arma leve e guiada, em uma parceria com a MBDA — maior companhia de mísseis da Europa.

“Essa parceria consolida nossa capacidade tecnológica, colocando o Brasil em um grupo diferenciado de países que desenvolvem e produzem drones armados”, disse Giovani Amianti, CEO da XMobots.

Segundo a empresa, o míssil Enforcer pode atingir alvos leves e ligeiramente blindados, incluindo veículos em movimento ou protegidos.

-Publicidade-
Drone brasileiro Nauru-1000C, na versão armada com mísseis, da Enforcer | Divulgação

A empresa, com sede em São Carlos, no interior de São Paulo, explicou que esta é a primeira vez que o Enforcer é integrado a um drone fabricado no país. A aeronave de 150 quilos é certificada pela Agência Nacional de Aviação Civil, tem autonomia de dez horas de operação e pode voar acima de 120 metros, além de ter um alcance máximo de 60 quilômetros.

Essa parceria vai resultar em uma disrupção tecnológica no mercado de drones armados de baixo custo. “Por meio da cooperação industrial, a MBDA continuará fortalecendo nossos laços com organizações brasileiras para criar tecnologias de primeira classe para as Forças Armadas Brasileiras”, disse Patrick de La Revelière, vice-presidente da MBDA.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.