Globo é condenada a indenizar assessor de Bia Kicis

Em 2021, emissora associou Evandro Araújo ao grupo racista Ku Klux Klan
-Publicidade-
Em 2021, o Jornal Nacional vinculou a matéria que associava Araújo a Ku Klux Klan.matéria
Em 2021, o Jornal Nacional vinculou a matéria que associava Araújo a Ku Klux Klan.matéria | Foto: reprodução TV Globo

A Globo foi condenada a indenizar o assessor da deputada federal Bia Kicis (PL-DF), Evandro Araújo, em R$ 40 mil, por associá-lo ao grupo racista norte-americano Ku Klux Klan. A decisão, em segunda instância, foi tomada na última quarta-feira 6 pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT).

“Houve abuso da liberdade de imprensa por parte da corporação”, afirmou a decisão da Justiça, que condenou a emissora por dano moral. 

-Publicidade-

“Embora a liberdade de expressão se trate de um direito fundamental de primeira dimensão”, afirma a resolução, “é evidente que aquele que o exerce, enquanto projeção da liberdade de manifestação do pensamento, pode ser responsabilizado civil e penalmente quando configurado o excesso ou o abuso do direito”.

O Jornal Nacional afirmou que Araújo estava associado ao ato dos “300 do Brasil”, acampamento liderado pela militante Sara Winter em junho de 2020, que lançou fogos de artifício contra o prédio do Supremo Tribunal Federal (STF). O protesto, na versão da emissora, teve inspirações no grupo Ku Klux Klan.

Por ordem do ministro do STF Alexandre de Moraes, Winter foi presa em junho de 2020.

Leia também: “O lucro histórico das estatais e os abutres à espreita“.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. Em certos assuntos, a direção da rede globo parece muito amadora.
    O afã de noticiar coisas do seu próprio agrado esbarra em deslizes dignos de “viajantes de primeira viagem”. Um caso muito repercutido, nessa linha, foi o caso daquele travesti visitado na cadeia pelo Dráusio Varela, que não foi avaliado e nem pesquisado pela emissora. No fim, a comoção reverteu-se em revolta, visto que o (a) presidiária havia abusado sexualmente uma criança e utilizando meios violentos.
    E A EMISSORA NÃO SABIA DE NADA!

  2. Centavos para eles…. Deveria ter sido um valor mais alto. Fizeram a mesma coisa com o , então candidato, Bolsonaro, tentando o associar a um ex-policial ligado ao suposto assassinato da Vereadora Mariele, que morava no mesmo condomínio.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.