Governo libera R$ 6,6 bilhões para compra de novas doses da Pfizer

Estudo publicado na revista científica The Lancet garante que o produto tem 95% de eficácia contra a covid-19
-Publicidade-
O Ministério da Saúde negocia a compra de mais 100 milhões de doses
O Ministério da Saúde negocia a compra de mais 100 milhões de doses | Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro disponibilizou R$ 6,6 bilhões para a compra de novas doses da Pfizer, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica BioNTech. A liberação da verba já foi publicada no Diário Oficial da União. Na segunda-feira 3, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, havia informado que a pasta está negociando a compra de mais 100 milhões de unidades do imunizante — outras 100 milhões de doses já foram adquiridas.

Estudo publicado na revista científica The Lancet garante que o produto tem 95% de eficácia no enfrentamento do coronavírus. Com a finalidade de avaliar o impacto da vacinação, os pesquisadores colheram dados durante os quatro primeiro meses da campanha nacional em Israel, que começou em dezembro de 2020. A vacina da Pfizer é a única administrada no Estado judeu. Mais da metade da população está imunizada.

Leia também: “A supervacina”, reportagem publicada na Edição 39 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro