Hacker acusado de invadir computadores do Senado vira réu

Criminoso responde por invasão de dispositivo informático e divulgação de segredo
-Publicidade-
Criminoso está preso desde a sexta-feira 19
Criminoso está preso desde a sexta-feira 19 | Foto: Divulgação/Flickr

Conhecido como VandaTheGod, o hacker Marcos Roberto Correia da Silva se tornou réu depois de a Justiça Federal em Brasília aceitar a denúncia do Ministério Público Federal (MPF). Ele é acusado de invadir os sistemas do Senado. O ataque ocorreu em agosto do ano passado, após a obtenção de dados e acesso ao e-mail de um ex-servidor público. De acordo com o MPF, ao acessar os computadores da Casa, o criminoso fez um vídeo “expondo a fragilidade de segurança da rede”. O hacker publicou esse passo a passo nas redes sociais.

-Publicidade-

Marcos está preso desde a sexta-feira 19, detido no âmbito na Operação Deepwater (Águas Profundas). Conforme o juiz federal Frederico Botelho, “os fatos imputados ao denunciado são descritos de forma clara e objetiva” e “está demonstrada a plausibilidade das alegações contidas na denúncia. Além disso, expõe de forma circunstanciada todos os fatos alegadamente criminosos”. Réu confesso, Marcos responderá pelos crimes de invasão de dispositivo informático e divulgação de segredo.

Leia também: “O desastre dos megavazamentos de dados”, reportagem publicada na Edição 48 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.