Indenização paga pela Samarco será usada no combate ao coronavírus

Barragem da Samarco em Mariana se rompeu em 5 de novembro de 2015, matando 19 pessoas [caption id="attachment_239288" align="alignnone" width="1080"] Distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na região central de…
-Publicidade-

Barragem da Samarco em Mariana se rompeu em 5 de novembro de 2015, matando 19 pessoas

Distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na região central de Minas Gerais
Foto: Rogério Alves/TV Senado

Parte da indenização trabalhista paga pela mineradora Samarco por causa do rompimento da barragem do Fundão, em Mariana, em 2015, será destinada a municípios, hospitais e instituições de saúde para tratamento de pacientes e combate à covid-19 em Minas Gerais.

-Publicidade-

O valor a ser repassado é de 11 milhões de reais, de um total de 50 milhões, depositados judicialmente pela mineradora por dano moral coletivo em 31 de janeiro deste ano, depois de acordo com o Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais, o autor do pedido de transferência dos recursos.

A liberação de parte do dinheiro da indenização foi determinada ontem, segunda-feira 23, pela Justiça do Trabalho em Ouro Preto, vara à qual pertence Mariana.

Inicialmente, os 50 milhões de reais seriam utilizados em projetos de capacitação profissional para trabalhadores de municípios do Vale do Rio Doce, região atingida pela lama que vazou da barragem da Samarco.

“Todas as instituições, empresas, têm de ajudar porque os recursos são limitados e as necessidades são muitas”, afirma o procurador do Trabalho em Minas Gerais, Geraldo Emediato.

A juíza responsável pela decisão, Graça Maria Borges de Freitas, diz que deferiu o pedido do Ministério Público de Minas Gerais “em razão da pandemia decorrente do surto de convid-19 e ressalta a necessidade de atuação conjunta das instituições para superar a crise de atendimento médico e evitar o colapso do sistema de saúde pública e o atendimento da população”.

Com informações da Agência Estado

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro