-Publicidade-

Juíza determina que o Distrito Federal volte a fechar a economia

Comércio poderá reabrir quando o sistema público de saúde registrar entre 80% e 85% de ocupação
O pedido de fechamento foi feito pela Defensoria Pública da União
O pedido de fechamento foi feito pela Defensoria Pública da União | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Katia Balbino de Carvalho Ferreira, juíza da 3ª Vara Federal Cível do Distrito Federal (DF), determinou que o DF volte a fechar a economia a partir da quinta-feira 1°, com duração até domingo 4. Segundo a magistrada, bares, restaurantes e o comércio em geral só poderão funcionar quando o sistema público de saúde registrar índices positivos. “[Espaços devem ficar fechados] até que a ocupação de leitos de UTI covid-19 da rede pública esteja entre 80% a 85% de sua capacidade de lotação, e, concomitantemente, a lista de espera de leitos UTI covid-19 da rede pública esteja com menos de 100 pacientes”, estabelece trecho da decisão, publicada na terça-feira 30. Conforme os dados mais recentes da Secretária de Saúde do DF, a taxa de ocupação de leitos covid-19 era de 95%. O pedido de fechamento foi feito pela Defensoria Pública da União. O governo do DF, porém, garante que vai recorrer.

Leia também: “‘STF tirou a autonomia do presidente da República’, afirma Capitão Derrite”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

13 comentários

    1. Procura-se o bom senso, com tudo parado, famílias sem dinheiro, o estresse vai subir e mais pessoas vão procurar hospitais e vão colocar na conta do vírus chinês, logo, vai aumentar o índice, será que precisa desenhar?

  1. Claro, né! Ela não precisa trabalhar para colocar o pão na mesa de seus filhos. Chova, ou faça Sol, no fim do mês o dela está guardadinho lá no banco. Não tenho nenhum pejo em dizer: o Judiciário é o pior dos três poderes da República.

  2. Mais uma juizeca a serviço da esquerda. Salário garantido todo mês, o povo que se exploda. O sistema judiciário desse País é um antro, começando com a pocilga do stf.

  3. SEMPRE ACREDITEI QUE UM MAGISTRADO, ALÉM DOS CONHECIMENTOS TÉCNICOS INDISPENSÁVEIS, TAMBÉM DEVESSE TER BOM SENSO, PORQUE DIREITO EXIGE BOM SENSO!!! ÀS VEZES FICO IMAGINANDO COMO PODEM CERTAS CRIATURAS SEREM APROVADAS EM CONCURSO!!!!!???????

  4. Isso é aquilo que o Paulo Figueiredo chama de Juristocracia. É difícil compreender como uma pessoa, que não recebeu um único voto da população do DF, pode determinar isso? Ela é mais competente do que o Chefe do Executivo local para decidir isso?
    A interferência do judiciário no Brasil no âmbito dos outros poderes está desvirtuando o que é a democracia.

  5. Pra quem esta com o salário garantido é fácil “dizer fique em casa”. Todos os estados da federação deveriam seguir o prefeito de Criciúma com a decretação de lockdow voluntario. Quer ficar em casa fazendo distanciamento, tudo bem, mas não recebe salario. Resultado: Nenhum funcionário publico aderiu ao decreto do prefeito. Todos foram trabalhar. É só mexer no bolso que o bom senso aparece.

  6. Eles estão.focado nos comércio mais transparente público está super lotados níquem fala nada esta juíza esta com a geladeira cheia a FOME mata mais que Covid a barriga quer comida agora

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.