Justiça nega recurso de desembargador que humilhou guarda e mantém indenização

Eduardo Siqueira terá de pagar R$ 20 mil a Cícero Hilário
-Publicidade-
Eduardo Siqueira terá de pagar R$ 20 mil ao guarda municipal Cícero Hilário
Eduardo Siqueira terá de pagar R$ 20 mil ao guarda municipal Cícero Hilário | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou o recurso do desembargador Eduardo Siqueira, que tentava livrar-se da condenação do pagamento de R$ 20 mil em indenização por danos morais ao guarda municipal Cícero Hilário, de 36 anos, humilhado em julho de 2020 em Santos, no litoral de São Paulo.

No processo, o desembargador alegou ser vítima de perseguição e armação. Relatou, ainda, sofrer de mal psiquiátrico. Eduardo Siqueira, flagrado ofendendo o agente após ser multado por não utilizar máscara enquanto caminhava pela praia, afirmou que “as palavras foram proferidas no calor do momento”.

-Publicidade-

Leia também: “Justiça suspende implantação de escola cívico-militar no interior de SP”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site