Maia fecha acordo com oposição para deixar vencer MPs

De acordo com a deputada Carla Zambelli (PSL), a decisão de Maia foi tomada por "vingança", após trocas de farpas com o presidente Bolsonaro
-Publicidade-
O  presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fala  à empresários da indústria, durante encontro sobre os ‘Diálogos da Indústria com o Congresso sobre os impactos das reformas estruturantes para o setor industrial’, na sede  da Firjan
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fala à empresários da indústria, durante encontro sobre os ‘Diálogos da Indústria com o Congresso sobre os impactos das reformas estruturantes para o setor industrial’, na sede da Firjan

De acordo com a deputada Carla Zambelli, a decisão de Maia foi tomada por “vingança”, após trocas de farpas com o presidente Bolsonaro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teria fechado um acordo com diversos líderes da oposição, para que medidas provisórias não passem na Casa. Os líderes estariam se queixando da pouca participação nas pautas do Legislativo.

-Publicidade-

De acordo com a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), a decisão de Maia teria sido tomada por “vingança”. Na última semana, o presidente da República, Jair Bolsonaro, subiu o tom, afirmando que Maia está perseguindo seu governo.

Leia mais:  Rodrigo Maia promete endurecer vida do governo na Câmara

Para impor derrotas ao governo, Maia teria acatado o pedido da oposição para que cinco medidas provisórias caduquem, ou seja, percam a validade. São elas:

• MP 910, chamada de MP da Grilagem ou MP da Regularização Fundiária;

• MP 914, que muda o processo de escolha de reitores;

• MP 915, que muda as regras sobre venda e gestão de imóveis da União;

• MP 922, sobre as regras de contratação temporária no serviço público;

• MP 923, que autoriza o sorteio de prêmios em redes de televisão.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 comentários

    1. Próximas eleições? À PRESTAÇÃO DE CONTAS com o LEGISLATIVO brasileiro é iminente, e ocorrerá antes da Primavera deste ano. PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do foro privilegiado são as PAUTAS ANTICORRUPÇÃO alinhadas desde 2.013, qdo iniciamos o PROJETO de apartamento dos 3 poderes, fim do CONLUIO q tbm se estenderá entre LEGISLATIVO e STF corrupto.

      1. #fechaCongressofechaSenadofechaSTF senao Bolsonaro, vão fechar você!!!!

  1. São homens públicos agindo motivados por interesses inconfessáveis, porque o presidente não cedeu às suas chantagens. São chantagistas profissionais, como bem o disse o Gen. Heleno, E o pior é que a imprensa faz cara de paisagem diante de um comportamento desses, porque tem os mesmos interesses absolutamente inconfessáveis. E depois acham ruim quando o povo pede uma intervenção militar, um murro na mesa.

  2. Chegou a hora das Forças Armadas agirem para garantir a ordem constitucional, que está sendo distorcida e manipulada pelo congresso em benefício de Maia e seu Lacaio, Alcolumbre.
    FFAA contra o golpe iminente.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site