Mattar: Sindicato dos Trabalhadores da Eletrobras não quer ‘perder boquinhas’ e ameaça greve

Medida provisória que viabiliza capitalização da estatal deve ser votada no Senado na semana que vem
-Publicidade-
O Coletivo Nacional dos Eletricitários, que representa trabalhadores da Eletrobras, avalia paralisar as atividades por 72 horas caso a MP seja pautada
O Coletivo Nacional dos Eletricitários, que representa trabalhadores da Eletrobras, avalia paralisar as atividades por 72 horas caso a MP seja pautada

Em vias de ser votada no Senado, a medida provisória (MP) 1031/2021, que viabiliza a capitalização da Eletrobras, provoca ameaça de greve no setor. O Coletivo Nacional dos Eletricitários, que representa trabalhadores da estatal, avalia paralisar as atividades por 72 horas caso a MP seja pautada. O relator da proposta, senador Marcos Rogério (DEM-RO), disse que pretende apresentar seu parecer na próxima terça-feira, 15, e, se houver acordo, já levá-lo a votação.

Segundo o vice-presidente da Federação Nacional dos Urbanitários e coordenador-geral do coletivo, Nailor Gato, o objetivo da greve é demonstrar que os funcionários da estatal não concordam com a proposta do governo. “Entendemos que não há nada de urgente nessa medida provisória. Urgente é ter vacina e alimentos para a população. O contexto neste momento é muito ruim para a classe trabalhadora”, disse. A Eletrobras tem cerca de 12 mil funcionários.

-Publicidade-

Leia também: “‘Se a MP caducar, não tem privatização da Eletrobras’, alerta secretário”

Como a ideia é iniciar a paralisação com 72 horas de antecedência à votação da proposta, os sindicatos aguardam confirmação da data no Congresso para deflagrar o movimento.

O ex-secretário de Desestatização Salim Mattar criticou  o corporativismo do sindicato em publicação no Twitter:

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comments

  1. Essa raça parasita tem que ser extinta. Chega de mamar no nosso dinheiro, cambada de vagabundos, mafiosos modelo Lula. Estão ricos às nossas custas. Manter o atraso do país é o foco dessa cambada. Privatiza TUDO, ministro Guedes.

  2. Simples assim:
    Participou da greve de 72 horas?
    Então tá, voce conseguiu sua inclusão na lista dos que serão demitidos quando houver o enxugamento no quadro de colaboradores para termos um empresa realmente eficiente.

  3. Os sindicatos no Brasil são responsáveis por parte da pobreza e dos desvios públicos no Brasil, pois eles somente veem os interesses corporativos e pessoais, buscando ascensão política. São mercenários, pois matam sem derramar uma gota de sangue, e muitos caem nesse conto do ladrão inocente!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site