Melatonina: Anvisa autoriza uso do ‘hormônio do sono’ como suplemento alimentar

Substância poderá ser consumida sem receita no Brasil
-Publicidade-
Melatonina: promessa de um sono melhor | Foto: Freepik
Melatonina: promessa de um sono melhor | Foto: Freepik

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou na quinta-feira 14 o uso da melatonina, conhecida como hormônio do sono, para a formulação de suplementos alimentares. O consumo é destinado exclusivamente para pessoas com idade igual ou superior a 19 anos e a dosagem não pode ultrapassar 0,21 mg diária. No entanto, não foram aprovadas alegações de benefícios associadas ao consumo de suplementos à base da substância.

Com a decisão, a melatonina poderá ser consumida, sem receita, como um suplemento alimentar — uma categoria de produtos destinada à complementação da dieta de pessoas saudáveis com substâncias presentes nos alimentos, incluindo nutrientes e bioativos, onde se enquadra o produto.

-Publicidade-

Os suplementos de melatonina deverão conter advertência de que o produto não deve ser consumido por gestantes, lactantes, crianças e pessoas envolvidas em atividades que requerem atenção constante. Quem tiver comorbidades ou usar medicamentos deve consultar seu médico antes de consumir a substância.

O que a melatonina?

É um hormônio produzido naturalmente pelo cérebro humano, que possui como principal função regular o ciclo vigília-sono e auxiliar a pessoa a dormir. Com o fim do dia e da luminosidade, a melatonina passa a ser liberada a fim de preparar o organismo para o período noturno. Seu uso pode ser indicado para o tratamento de insônia.

A substância é encontrada em alimentos como morango, cereja, vinhos e carne de frango, por exemplo. Ela  também pode ser produzida sinteticamente. Nos Estados Unidos, a melatonina já é largamente encontrada e vendida, sobretudo, com a promessa de um sono melhor.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.