Ministério da Justiça autoriza atuação da Força Nacional em Mato Grosso

Os agentes vão atuar em conjunto com a Funai para proteger terra indígena Kawahiva do Rio Pardo
-Publicidade-
O contingente será definido a partir de planejamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública
O contingente será definido a partir de planejamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Força Nacional de Segurança vai atuar na terra indígena Kawahiva do Rio Pardo, em Mato Grosso. A portaria, autorizada pelo Ministério da Justiça, prevendo apoio à Fundação Nacional do Índio (Funai), foi publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira, 12.

A Força Nacional será deslocada para atividades e serviços “imprescindíveis à preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado”, informou o governo.

Segundo a Funai, a terra indígena Kawahiva do Rio Pardo tem cerca de 400 mil hectares e é habitada por indígenas isolados.

-Publicidade-

A cobiça de não indígenas pela região motivou, por anos, ações da Funai no sentido de proteger e conservar a área. A presença da Força Nacional se fez necessária após a intensificação de conflitos na região.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.