Ministério Público apresenta denúncia contra Allan dos Santos

Jornalista é acusado pelos procuradores de ter ameaçado o ministro Luís Roberto Barroso, do STF
-Publicidade-
O jornalista Allan dos Santos foi denunciado pelo Ministério Público Federal
O jornalista Allan dos Santos foi denunciado pelo Ministério Público Federal | Foto: Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República no Distrito Federal (PRDF), apresentou nesta quarta-feira, 18, uma denúncia contra o jornalista Allan dos Santos, criador e chefe do site Terça Livre.

Segundo a procuradoria, Allan dos Santos teria ameaçado o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia mais: “Google restabelece canal do Terça Livre no YouTube”

-Publicidade-

De acordo com a denúncia, as supostas ameaças teriam sido feitas em um vídeo publicado nas redes sociais cujo título é “Barroso é um miliciano digital”. Na gravação, Allan dos Santos afirma que o magistrado deveria “virar homem” e que “está na hora de falar grosso”. A publicação do vídeo foi feita em novembro do ano passado.

Segundo a PRDF, o jornalista teria cometido os crimes de ameaça (cuja pena varia de um a seis meses de detenção) e incitação pública à prática de crime (três a seis meses). A denúncia foi oferecida pelos procuradores João Gabriel Morais e Melina Casto Montoya Flores.

Leia também: “PGR isenta Bolsonaro de supostos crimes contra a saúde pública”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

32 comentários

  1. NÃO VEJO ESTES “PROCURADORES” APRESENTANDO DENÚNCIAS CONTRA PETISTAS E ARTISTAS DE ESQUERDA QUE AMEÇAM DE MORTE BOLSONARO.
    Gente do céu, como o MP e a PF precisam de DETETIZAÇÃO URGENTE!! Que coisa vergonhosa!
    Fecham os olhos pras TIRANIAS DO BARROSO E MORAES. Como gostam de aparecer na imprensa.

    1. Leila, tomo a liberdade de fazer minhas as suas palavras.
      Esses mesmos idiotas que hoje defendem o Moraes e o Boquinha e escangalham com a imprensa, amanha vao chorar quando perderem sua liberdade de expressao. Nao perderao porque nos, da direita conservadora e democratas de verdade, lhes salvaremos dos tiranos. Pau neles todos!

    1. PC do B. O aparelhamento das universidades começou há muito tempo e parece que houve um rateio. O PCdoB ficou com os cursos jurídicos. Vide Flávio Dino e seus asseclas.

  2. Triste ver o Pais dominado por senhores de toga compremetidos ideologicamente. Estao preparando terreno para o presidiario finalmente implantar o processo de transformar o pais em uma nova Venezuela

  3. No âmbito da liberdade tudo é discutível, inclusive aquilo que a põe em risco porque a liberdade, senhores, é assim mesmo, aventureira, é como voar, até sem asas alguém pode voar mas não se voa sem o risco de cair! Já perceberam aquela sensação de insegurança que nos acomete no início da idade adulta? É parecida com aquele desconforto que sentimos na hora que deixamos aquele seguro ambiente uterino. O preço da liberdade é uma espécie de receio inerente a ela que nos coloca em estado de perpétua vigilância. Assim é o voar dos homens.

    A única forma conhecida de se preservar uma democracia é por meio dos três poderes, cada um atuando dentro de seus contornos num sistema de Checks and Balances , eis aí a tão citada “eterna vigilância da liberdade”. .Mas se porventura um dos poderes, ainda que supostamente em defesa da democracia, prevalece usurpando a função dos outros, quando o juiz que reintrepreta a literalidade da lei produzindo outra lei, ou seja, legislando, é o mesmo juiz que julga e acusa, sendo ele ainda a vítima, os demais poderes – a vigilância – dormem o sono dos inocentes e não mais acordarão em uma democracia. Eis o Constitucionalismo Barroco Alexandrino e lamentavelmente brasileiro. Começaram propondo direitos e quem não gosta de direitos? O problema é a Terceira Lei de Newton, “para todo direito sempre há uma obrigação de mesma intensidade e direção, porém em sentidos opostos…” Então armaram a velha armadilha diabólica das boas intenções e suas respectivas novilinguas “novo constitucionalismo”, “princípio da concretização”… que basicamente significa o seguinte: “quando o legislativo for omisso em determinada matéria” nós, o Supremo poder, estaremos aqui para garantir a implementação de vossos direitos”. Ora pois!
    Acontece que o SILÊNCIO LEGISLATIVO equivale a uma Lei e como toda e qualquer Lei somente o legislativo ostenta a prerrogativa de revogá-la. Pois quando o parlamento é supostamente omisso sobre tal matéria é porque a SOCIEDADE por meio de seus REPRESENTANTES ELEITOS, entendeu que tal discussão sobre tal matéria não é relevante, oportuna ou conveniente, nestes casos o silêncio, ao contrário de omissão, é o ato deliberado do Poder Legislativo.

    Vós conheceis alguma categoria cuja punição para o mal profissional é uma aposentadoria recheada de gordos proventos e… compulsória?!

    Precisamos extinguir esta profissão de deuses! Nossa Carta de 88 teve seu tempo, ela foi a solução de uma época em que as Leis eram escritas por mãos trêmulas e por almas ressentidas… Precisamos de uma constituinte que institua entre outras coisas, um novo Tribunal Constitucional com novos critérios de ingresso e também com novos critérios de permanência! E não esqueçamos, sem esta vitaliciedade infâmia que torna um dos poderes a parte monárquica e soberana da Republica!

    Sim senhores, Tribunal ou Corte Constitucional, porque O Supremo Tribunal não é deste mundo!

    1. Concordo.
      Apenas ressalto o perigo de piorar ainda mais o que já parece impossível, esse pessoal completamente destituído de moralidade se supera a cada dia. Esse perigo é embasado na adulteração completa que os “representantes do povo” fizeram nas “10 medidas contra a corrupção”.

  4. Incrível a puxação de saco dos min. do STF, ou estão a procura de notoriedade ou estão querendo escalar em suas carreira, mas geralmente são os infiltrados do petismo !!!

  5. srs. procuradores, quem mais ofensas faz ao STF são os próprios ministros entre si. BARROSO assim se dirigiu à GILMAR MENDES no plenário e ao vivo: “você é uma pessoa horrível, uma mistura do mal com o atraso e pitadas de PSICOPATIA”.
    Vão também denunciá-lo à SUPREMA CORTE?

  6. Parabéns a Oeste. Acho importante declinar os nomes de procuradores contra o direito de manifestação e contra liberdade. Um dia isso será muito importante.

  7. Mau-caráter nunca fala grosso. E esse néscio, que se deixou convencer da inocência de um homicida, jamais conseguirá virar algo mais do que chegou a ser.

  8. aOs detalhes são importantes, mas a maioria dos jornalistas esquece e isto pode ser fundamental. No texto da matéria não vi indícios de que ele ameaçou o ministro. É com a história de que o Bolsonaro disse que impediria as eleições com a urna eletrônica e ele só alertou para o problema da transparência. Colocar na boca de quem fala o que dizem ter ouvido é maucaratismo. A Carmem Lúcia, por exemplo, entendeu de forma errada o que o presidente disse, ou quis aumentar o discurso de ódio.

  9. Com certeza são 2 militantes de esquerda, nunca Procuradores de Justiça, pois o que “procuram” é reforço de narrativas. Quer dizer que dizer que ele tem que virar homem é ameaça, e falar grosso é incitar violência? Mas é muito mimimimi, para gastar o dinheiro público. Esses dois deveriam ser processados por prevaricação.

  10. Perseguição ditadura da toga hoje é o Alan
    Amanhã pode ser algum de nós que colocamos nossas opiniões
    A liberdade de expressão pregada pelo STF é só a da “expressão facial” desde que ninguém te veja
    Temos um presidente frouxo e uma esquerda forte articulada e sem medo disposta a tudo pelo poder

  11. Mais uma vítima da liberdade de expressão! Por que jornalistas, artistas e militantes esquerdistas que ameaçam de morte o Presidente da República não recebem o mesmo destino da polícia? É flagrante a proteção dada pelas instituições a todos os extremistas críticos do Bolsonaro. Como podemos aceitar tamanha perseguição contra o lado governista? Não é possível, não é justo, que criminosos anti governo sejam afagados pelo mesmo MP, PF, STF. Não dá mais! Tudo tem limites!

  12. Onde estavam esses valentes e zelosos procuradores enquanto o Brasil era assaltado pelo PT e apaniguados. Onde estavam quando um dep. do PT queria fechar o STF. Onde estavam quando o STF usurpou seus poderes. BANDO DE PANACAS.

    1. Se são somente essas duas citações da matéria, não vejo crimes de ameaça e incitação pública a violência. Eu tô pra entender onde há crime nas falas do Alan, sinceramente esse nosso judiciário é só narrativas e mimimi tá loko.

  13. Pois é! Os mesmos procuradores não enxergam ameaças e desrespeito vil nas falas de deputados e senadores esquerdopatas contra o Presidente da República, muitos com processos por corrupção no STF e a maioria com seus nomes na lista de propinas da Odebrecht. É revoltante a forma como se manifestam públicamente e procurador da república nenhum se manifesta.
    Agora esses mesmos querem calar a imprensa e youtubers por serem conservadores, de direita e apoiadores do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.
    Lamentável.

  14. Basta assistir o vídeo todo para ver que Allan ameaçou Barroso com um processo, pois o sinistro o chamou de terrorista. Vergonha alheia da procuradoria, para não dizer mal caráter!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro