Ministro da Defesa anuncia que deixa o governo Bolsonaro

'Saio na certeza da missão cumprida', diz Fernando Azevedo e Silva em comunicado oficial
-Publicidade-
Fernando Azevedo e Silva anunciou que está deixando o governo
Fernando Azevedo e Silva anunciou que está deixando o governo | Foto: Carolina Antunes/PR

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, anunciou nesta segunda-feira, 29, que está deixando o cargo.

-Publicidade-

Em nota oficial, Azevedo e Silva não informou o motivo de sua saída do governo. Ainda não se sabe se o ministro pediu demissão ou foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro.

Leia também: “Ernesto Araújo pede demissão do Ministério das Relações Exteriores”

Azevedo e Silva foi anunciado como ministro de Bolsonaro ainda durante a transição de governo, no fim de 2018. Ele foi chefe do Estado-Maior do Exército e passou à reserva em 2018. Quando anunciado como ministro da Defesa, Azevedo e Silva era assessor do então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Azevedo e Silva foi o segundo militar a comandar o Ministério da Defesa desde a criação da Pasta, em 1999, no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). O primeiro foi o general Joaquim Silva e Luna, indicado pelo ex-presidente Michel Temer.

Mais cedo, como noticiamos, outro ministro do governo Bolsonaro — Ernesto Araújo, das Relações Exteriores — pediu demissão do cargo. Ele ainda teria uma conversa com Bolsonaro nesta tarde.

Leia a nota do ex-ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva

“Agradeço ao Presidente da República, a quem dediquei total lealdade ao longo desses mais de dois anos, a oportunidade de ter servido ao País, como Ministro de Estado da Defesa.

Nesse período, preservei as Forças Armadas como instituições de Estado.

O meu reconhecimento e gratidão aos Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e suas respectivas forças, que nunca mediram esforços para atender às necessidades e emergências da população brasileira.

Saio na certeza da missão cumprida.”

Fernando Azevedo e Silva

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.