OESTE NO AR: Confira os destaques da edição da semana

Resumo da edição semanal agora está disponível em vídeo
-Publicidade-
Edição 69: É proibido modernizar as urnas eletrônicas?
Edição 69: É proibido modernizar as urnas eletrônicas?

Caro leitor,

Oeste apresenta uma novidade para você a partir deste sábado, 17. O “cardápio” com os principais destaques da edição, publicada semanalmente às sextas-feiras, agora será apresentado em vídeo — disponível aqui no site e em todas as nossas redes sociais.

Nesta semana, a edição número 69 contém três eixos: o debate politizado (e envenenado) sobre o voto auditável; o grito de liberdade do povo cubano, oprimido por uma ditadura sexagenária; e uma reflexão sobre o fechamento das escolas durante a pandemia e suas consequências para a “geração covid”.

-Publicidade-

Quer saber mais? Clique e assista em primeira mão.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. É exigir demais que não desconfiemos urnas eletrônicas defendidas por Gilmar fachin Lewandowisk e Barroso que atuam partidariamente e se contradizem por interesses dos seus grupos. Tb dificil crer vacinas feitas a toque de caixa cujas consequências ainda não podem ser avaliadas. Eu tava bem tomei coronavac dia 1 abril as 13hs as 23:50 começou febre e dia 9 fui internado 75%pulmões tomados. Médicos dizem q já tinha COVID qdo tomei. Sei q tava bem tomei e fiquei mal

  2. Use mais o Youtube para fazer entrevistas, e algum jornalismo na plataforma para que mais pessoas conheçam o conteúdo e a excelente revista,

  3. Proposta ALTERNATIVA ao Voto Impresso garante, sem necessidade de aprovação de PEC, 95% de confiança ao resultado das eleições, com 1% de margem de erro e com custos mínimos, se forem adotados os procedimentos sugeridos nesse vídeo do Canal OBTJ -> https://youtu.be/ebVV0EldkOY. Nada mais é que um teste de integridade em tempo real a ser realizado no dia das eleições em apenas 2% das urnas. Essa ideia resolve toda a polêmica, lembrando que o próprio voto impresso pode ser fraudado.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site