Paes libera rodas de samba no Rio de Janeiro

O decreto com a permissão foi assinado na sexta-feira
-Publicidade-
O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM-RJ)
O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM-RJ) | Foto: Sandra Barros/Futura Press/Estadão Conteúdo

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM-RJ), assinou um decreto permitindo a realização de rodas de samba na capital fluminense. Em um vídeo que circula na internet, o chefe do Executivo aparece ao lado de sambistas da Roda de Samba Pede Teresa, que fica no centro da cidade, além dos secretários Marcus Faustini (Cultura) e Marcelo Calero (Governo e Integridade Pública).

Leia também: “Covid-19: Brasil tem menor número de mortes diárias desde abril de 2020”

O documento foi assinado na sexta-feira 5, em um evento em comemoração ao Dia Nacional da Cultura, no Museu de Arte do Rio. “Tá liberada a porra toda”, disse Paes durante a cerimônia.

-Publicidade-

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Acredito que mais nenhuma doença transmissível existe no Estado e Na cidade do Rio de Janeiro. Isto por que o prefeitinho da Cidade, fez isso por decreto. A partir da liberação de rodas de samba e do próprio Carnaval, ávido por faturar com o turismo e o comércio. Aós isso, então as doenças serão liberadas novamente, e voltaremos a ter restrições punitivas, que imponham medo e domínio sobre a população. Somos mesmo uma monte de bananas que deveríamos mostrar que não nos submetemos mais a esses iconoclastas incompetentes que estão no poder!

  2. Ah tá, deixa eu entender…depois o inconsequente e genocida é o senhor presidente, né? Só pra entender…

    Tomara que o veto do carnaval de 2022 venha de surpresa, última hora. Pra essa cambada que ficou contando cadáveres, ficar em casa mais do nunca! Afinal, como se comemora carnaval com tantos mortos e ainda estando nós em plena pandemia!!?? Cambada…

  3. Tempos sombrios esperam o RIO no final de ano e até o Carnaval. Falta só contratar o Dráuzio Varella para ajudar a promover os eventos que terão o slogan ” NAO FIQUE MAIS EM CASA “

    1. Esquenta não. A imprensa vai aplaudir a abertura para o carnaval e festejar quando formos trancados por aumento do números de casos.
      Os culpados pelo aumento de número de casos? Quem não se vacinou, claro.
      Será determinada aplicação de mais doses de reforço sem estudos nem critérios (a$ farmacêutica$ agradecerão imen$amente) e a população cairá na armadilha, caçando os não vacinados com ódio.

  4. E um monte de IMBECIL usando FOCINHEIRA porque seu político-dono mandou. Nada além de um REBANHO DE ENERGÚMENOS, pelo que este país não sairá do lamaçal ideológico tão cedo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.