Revista Oeste - Eleições 2022

PF encontra barco de jornalista e indigenista no Amazonas

A embarcação estava afundada no rio do Itacoaí, nas proximidades da comunidade de Cachoeira
-Publicidade-
O barco havia sido afundado pelos suspeitos para ocultar o crime
O barco havia sido afundado pelos suspeitos para ocultar o crime | Foto: Divulgação

A Polícia Federal informou no domingo 19 que os bombeiros e militares da Marinha localizaram a embarcação em que viajavam o indigenista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips, na região de Atalaia do Norte (AM). Ela estava afundada no Rio do Itacoaí, nas proximidades da comunidade de Cachoeira.

De acordo com o comitê de crise, o barco havia sido afundado pelos suspeitos para ocultar o crime. A embarcação será enviada para exames periciais para ajudar na elucidação do caso.

Também ontem, o comitê informou que cinco pessoas foram identificadas por suposta participação na ocultação dos cadáveres do indigenista e de Dom.

-Publicidade-

Os suspeitos foram localizados e ouvidos pelos agentes que atuam na operação, mas estão respondendo em liberdade, pois “a lei não permite enquadrar em nenhuma hipótese. Não é flagrante e não cabe temporária nem preventiva”, conforme comunicado pelo delegado superintendente Eduardo Fontes.

Até o momento, três suspeitos foram presos pela morte de Bruno e Dom. São eles: Amarildo da Costa de Oliveira, 41 anos, conhecido como “Pelado”; Oseney da Costa de Oliveira, 41, o “Dos Santos”; e Jeferson da Silva Lima, chamado de “Pelado da Dinha”.

Amarildo da Costa de Oliveira confessou ter executado o crime, enquanto seu irmão Oseney se reservou o direito de permanecer em silêncio. Já Jeferson está envolvido na ocultação dos cadáveres, segundo as informações preliminares.

“As investigações continuam no sentido de esclarecer todas as circunstâncias, os motivos e os envolvidos no caso”, afirmou a PF, em comunicado.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.