PGR exige comprovante de vacinação ou teste negativo para entrar no prédio

Outras instituições têm adotado medidas semelhantes, um exemplo é a Câmara dos Deputados
-Publicidade-
Sede da Procuradoria-Geral da República em Brasília | Foto: Antonio Augusto / Secom / PGR
Sede da Procuradoria-Geral da República em Brasília | Foto: Antonio Augusto / Secom / PGR

A partir desta quinta-feira, 18, o acesso à sede da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, começou a ser condicionado à comprovação de vacinação contra a covid-19.

Segundo a assessoria de imprensa da procuradoria, será exigida, no mínimo, a aplicação da primeira dose – ou dose única – para que o usuário tenha a permissão para acessar as dependências do órgão.

-Publicidade-

Caso o visitante ainda não tenha se vacinado, deverá apresentar um teste RT/PCR – ou antígeno – realizado nas últimas 72 horas, com resultado negativo para o vírus, ou o diagnóstico positivo com remissão da doença no período de até seis meses.

Além da PGR, outras instituições têm exigido o passaporte sanitário ou um teste negativo, um exemplo é a Câmara dos Deputados.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Já vivemos uma ditadura explicita, vejamos: passaporte da vacina, lei de racismo, inquérito dos atos antidemocráticos, STF da vergonha como poder moderador, etc. etc…., daqui a pouco começarão os fuzilamentos em praça publica, vai vendo meu Brasil. Enquanto isso, na sala da preguiça dos melancias das forças armadas, tudo de boa, nenhum pio. CANALHAS!!! MIL VEZES CANALHAS!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.