Porto Alegre confirma 1º caso da variante Ômicron

Essa é a sétima contaminação da nova cepa no Brasil, e a segunda no Rio Grande do Sul
-Publicidade-
Caso já o sétimo da nova de coronavírus no Brasil
Caso já o sétimo da nova de coronavírus no Brasil | Foto: Reprodução/Redes sociais

Porto Alegre confirmou seu primeiro caso de contaminação da variante Ômicron do coronavírus na sexta-feira 10. O paciente veio dos Estados Unidos e havia sido vacinado com uma dose da vacina da Moderna contra a covid-19.

As informações aparecem em uma nota no site da prefeitura da capital gaúcha divulgada ontem. Assim, as autoridades informam que monitoram o paciente contaminado, “tanto da pessoa confirmada quanto dos contatos próximos”.

O caso na capital gaúcha, entretanto, é o segundo no Estado. Desde que foi descoberta, a nova cepa já apareceu em sete pessoas no Brasil. Nesse meio tempo, são três em São Paulo, dois no Distrito Federal, bem como dois no Rio Grande do Sul.

-Publicidade-

A descoberta da variante Ômicron

A Ômicron foi descoberta no sul do continente africano no fim do mês passado. Todavia, exames feitos pelo Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul revelaram que o patógeno circula no país, pelo menos, desde 8 de novembro.

Leia a íntegra da nota

Porto Alegre confirma primeiro caso da variante Ômicron

Uma pessoa com estadia em Porto Alegre e procedente dos Estados Unidos, que recebeu uma dose da vacina Moderna, é o primeiro caso confirmado da variante Ômicron do coronavírus na Capital.

Depois de passar por atendimento médico, realizou teste RT-PCR em laboratório privado. Após o resultado positivo, o exame passou por análise genômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O resultado foi notificado para a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde no final da tarde de sexta-feira, 10.

A Diretoria de Vigilância em Saúde da SMS monitora o caso, tanto da pessoa confirmada quanto dos contatos próximos.

Leia também: “A era do pânico“, artigo de Paula Leal na edição 90 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Boca de Veludo e Cia que antes comiam pelas beiradas agora estão fechando o cerco às claras… Estamos aceitando passivamente sem ser o Boca de Veludo durante a ação do gogo boy dele nele. Até quando???

  2. No canal do Caio, o alemão, que vive na estado da Bavária do qual nos traz notícias diárias da Alemanha e restante da Europa, ele disse que sete alemães, todos vacinados, alguns inclusive três vezes, foram passar férias na África do Sul e pegaram essa variante. O que tem me chamado à atenção é que em todos os casos, os infectados eram todos vacinados e até o momento não se tem notícias de algum não vacinado que tenha contraído essa nova cepa. Será que existe alguma relação com isso daí?

    1. Caramba, você também conhece o canal do Caio! É interessante ver como os canais e meios de comunicação “off grid” se interconectam. Voltando ao caso, sim, todos os infectados são vacinados; a minha questão é: os governos dobrarão a aposta nas vacinas ou vão se curvar ao óbvio da ineficácia das mesmas?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.