Pró-Brasil pode receber obras de transposição de bacias doadoras ao São Francisco

Governo estuda incluir no Pró-Brasil plano de levar águas das bacias de Furnas, Rio Parnaíba, Rio São Marcos e Rio Tocantins ao Velho Chico. Obras seriam custeadas por investimentos externos,…
-Publicidade-
Foto: Alan Santos /PR
Foto: Alan Santos /PR

Governo estuda incluir no Pró-Brasil plano de levar águas das bacias de Furnas, Rio Parnaíba, Rio São Marcos e Rio Tocantins ao Velho Chico. Obras seriam custeadas por investimentos externos, em contratos de concessão

bolsonaro - pró-brasil - semiárido
Bolsonaro quer levar desenvolvimento ao semiárido e, para isso, o programa Pró-Brasil terá um papel específico | Foto: Alan Santos /PR

O Pró-Brasil vai ser o caminho pelo qual o governo vai propor a transposição de águas de quatro bacias doadoras ao São Francisco. O programa, responsável por congregar medidas para alavancar o crescimento nacional, está em fase de acolhimento de sugestões, conforme Oeste apresentou.

-Publicidade-

A ideia do governo é, portanto, inserir no Programa Pró-Brasil os planos de transposição das águas de Furnas, do Rio Parnaíba, do Rio São Marcos e do Rio Tocantins. Será apresentada, inclusive, a proposta de reativação da Hidrovia do São Francisco.

O braço do governo responsável por operacionalizar esse plano é a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O órgão integra o Ministério do Desenvolvimento Regional, comandado por Rogério Marinho.

A ideia é que os recursos públicos venham de investidores estrangeiros, por meio de contratos de concessão. Devido ao rombo nas contas públicas, o governo entende que não dispõe de recursos para bancar obras dessa envergadura.

Atores

A Codevasf mantém uma relação muito próxima com atores do próprio governo para viabilizar o plano de transposição de bacias doadoras ao Velho Chico. Entre eles, técnicos da Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, chefiada por Salim Mattar.

Quem também articula de perto o envio da proposta é a Frente Parlamentar Mista em Prol do Semiárido. A bancada é presidida pelo deputado federal General Girão (PSL-RN), da base governista.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. bando de pulhas. genocidas.

    https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/21436/diretor-da-oms-sai-em-defesa-da-china-nao-podemos-criticar

  2. O brasil tem condições de tornar o semi árido nordestino no futuro
    terra rica em produção de frutas e outras diversidades pelo clima
    quente, incluindo produção cacau e cocos, com irrigação tornará
    o Nordeste um dos maiores produtores nessa área ..

  3. O potencial hídrico do Brasil é imenso, falta coragem e planejamento, pois capacidade tecnológica jamais será um problema.
    Melancólico assistir uma País com dimensão continental, cheio de riquezas de todas as ordens, arrastar-se por décadas como mendigo.
    Uma década de livre mercado (realmente) bastaria para um salto qualitativo imenso.

    1. Se arrasta assim pois analfabetos fácilmente manipuláveis e maleáveis movidos pelo estômago continuam votando em trastes!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.