Quadrilha de tráfico de armas usa impressora 3-D para montar peças

Polícia Federal cumpre mandados de prisão no Rio de Janeiro para desarticular esquema internacional
-Publicidade-
Agentes cumprem mandados de prisão no Rio de Janeiro
Agentes cumprem mandados de prisão no Rio de Janeiro | Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal iniciaram nesta terça-feira, 15, a Operação Florida Heat, contra o tráfico internacional de armas.

Segundo as investigações, a quadrilha usava no Rio de Janeiro uma impressora 3-D para terminar de montar o armamento, despachado clandestinamente dos EUA.

Os agentes cumprem sete mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão na capital fluminense, em Campo Grande (MS) e em Miami, nos EUA. A Justiça Federal do Rio de Janeiro também determinou o sequestro de bens, avaliados em cerca de R$ 10 milhões.

-Publicidade-

O esquema de tráfico internacional

Segundo a PF, a célula norte-americana enviava armas de fogo, peças, acessórios e munição tanto em contêineres em navios cargueiros quanto em encomendas postais por avião.

“Na maioria das vezes, o material era acondicionado dentro de equipamentos como máquinas de soldas e impressoras, despachados com outros itens, como telefones, equipamentos eletrônicos, suplementos alimentares, roupas e calçados”, detalhou a PF, em nota.

Nas “oficinas”, a célula carioca finalizava o trabalho com auxílio de Ghost Gunners — impressoras 3-D específicas para fazer armas — “posteriormente distribuídas para traficantes, milicianos e assassinos de aluguel”.

O dinheiro para a compra do armamento era enviado do Brasil para os EUA através de doleiros. “Foi identificado um brasileiro, dono de churrascarias em Boston, que recebia parte e repassava para os alvos residentes nos EUA”, afirmou a PF.

A quadrilha investia o dinheiro adquirido com o tráfico de armas em imóveis residenciais, criptomoedas, ações, veículos e embarcações de luxo.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.