Quem quer a manutenção do estado de calamidade?

Ação é liderada por 17 governadores; confira a lista
-Publicidade-
Tornou-se hábito o uso de máscaras no Brasil | Foto: Guilherme Gandolfi/Divulgação
Tornou-se hábito o uso de máscaras no Brasil | Foto: Guilherme Gandolfi/Divulgação | GoogleDrive_estados-brasileiros-já-decretaram-calamidade-1

Ação é liderada por 17 governadores; confira a lista

GoogleDrive_estados-brasileiros-já-decretaram-calamidade-1
Tornou-se hábito o uso de máscaras no Brasil | Foto: Guilherme Gandolfi/Divulgação
-Publicidade-

O Fórum Nacional de Governadores oficializou na noite desta sexta-feira, 18, o pedido para manutenção do estado de calamidade pública, em vigor no Brasil desde março. No documento encaminhado ao presidente Jair Bolsonaro, o grupo pede a prorrogação do período até — pelo menos — o fim do primeiro semestre de 2021.

Leia mais: “Semana do PT: de crítico a aliado de Maia”

O pedido é assinado por 17 dos 27 governadores brasileiros. Confira, abaixo, a lista dos defensores da manutenção do estado de calamidade pública — ato que permite a União e Estados gastarem mais do que o previsto, repassem dinheiro entre uma pasta e outra e adotem, sem necessidade de licitação, ações consideradas urgentes:

  1. Wellington Dias, Piauí (presidente do fórum de governadores);
  2. Waldez Góes, Amapá;
  3. Rui Costa, Bahia;
  4. Camilo Santana, Ceará;
  5. Renato Casagrande, Espírito Santo;
  6. Ronaldo Caiado, Goiás;
  7. Flávio Dino, Maranhão;
  8. Mauro Mendes, Mato Grosso;
  9. Reinaldo Azambuja, Mato Grosso do Sul;
  10. Romeu Zema, Minas Gerais;
  11. João Azevêdo, Paraíba;
  12. Ratinho Júnior, Paraná;
  13. Paulo Câmara, Pernambuco;
  14. Cláudio Castro, Rio de Janeiro;
  15. Fátima Bezerra, Rio Grande do Norte;
  16. Carlos Moisés, Santa Catarina;
  17. Belivaldo Chagas, Sergipe.

_____________________________

Receba os principais destaques dos bastidores do poder diretamente no WhatsApp. Clique aqui, siga os passos indicados e faça parte da lista de transmissão da Revista Oeste.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comments

  1. Me espantei ao ver que, esse único governador eleito pelo tal partido Novo que de novo não tem nada apenas é um filhote de tucano por assim dizer, estivesse nesta lista, esse caipira.

    1. Achei estranho São Paulo não estar nesse grupo, nem RS – ambos PSDB.
      Temos 8 estados onde realmente, ao olhar a curva de óbitos por Covid por data do óbito (transparenciacartoriocivil), parece estar acontecendo algum ensaio de crescimento, desses 8 (parte de baixo do país – SUl, Sudeste e MS) apenas RS e SP estão fora desse grupo

  2. Carlos MOISÉS de Santa Catarina, os carinenses querem que você pessa pra deixar nosso estado em paz! Você quer manutenção do que? Respeita a inteligência dos catarinenses! Onde está o dinheiro dos respiradores? Oque você fez é sua responsabilidade! Deixa o governo federal em paz.

  3. Seria tão mais fácil se os políticos abrissem mão das regalias, penduricalhos e fundos partidários e, principalmente, deixassem de roubar o país.

  4. Bandos de babacas, no qual eu me incluo, tiremos nossas bundas da cama, e vamos pra rua dia 22 protestar contra esses LADRÕES DA PATRIA. NA LISTA SÓ FALTA O NOME DO TRAIDOR MOURÃO.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site