SP: 5% dos pacientes confirmados com covid-19 têm até 14 anos

A letalidade nessa faixa etária ficou em um para cada mil doentes

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Menos de 3% da população com até 14 anos do Estado foi confirmada com covid-19
Menos de 3% da população com até 14 anos do Estado foi confirmada com covid-19 | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Desde o início da pandemia, apenas 5% dos 4,5 milhões de casos confirmados de covid-19 no Estado de São Paulo são de pacientes com até 14 anos de idade.

Segundo a Fundação Seade, o Estado de SP tem cerca de 8,5 milhões de crianças entre zero a 14 anos. Desse total, 227 mil foram contaminadas pelo coronavírus, o que representa menos 2,7% da população paulista nessa faixa etária. O dado foi compilado por Oeste a partir de informações oficiais do governo de SP até a quarta-feira 12.

A letalidade dos pacientes com covid-19 com até 14 anos ficou em 0,1%. Isso significa que 1 em cada mil infectados nesse perfil morreram com a doença. No total, esse grupo soma 228 mortos desde que a a pandemia teve início.

-Publicidade-

Ainda assim, o governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), tem pressa em aplicar a vacina pediátrica contra a covid-19 nas crianças do Estado. A estrutura estadual começou a criar os mecanismos para forçar a adesão. Nas escolas públicas do Estado, por exemplo, a carteira de vacinação será cobrada — apesar da gestão garantir que não impedirá o acesso de alunos que não tenham sido vacinados contra a doença.

O governo federal se comprometeu a disponibilizar as doses da vacina da Pfizer — única permitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para menores de 18 anos. Contudo, o Ministério da Saúde trabalha para que a vacinação de crianças não seja feita de forma obrigatória.

Vacina infantil contra covid-19

Nesta quinta-feira, 13, chega o primeiro lote de doses infantis da vacina da Pfizer contra covid-19. A remessa se aplica às crianças com idade entre 5 anos e 11 anos — última faixa etária autorizada pela Anvisa a se vacinar. Conforme atestam os números paulistas, a letalidade é ainda menor nesse público: 0,06%. Desse modo, foram 6 mortes a cada 10 mil doentes nesse grupo etário.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. “5.5 Reconhecimento do Comprador

    O Comprador reconhece que a Vacina e os materiais relativos à Vacina, e seus componentes e materiais constitutivos, estão sendo desenvolvidos rapidamente devido às circunstâncias de emergência da pandemia de COVID-19 e continuarão sendo estudados após o fornecimento da Vacina para o Comprador de acordo com este Contrato. O Comprador ainda reconhece que a eficácia e os efeitos a longo prazo da Vacina ainda não são conhecidos e que pode haver efeitos adversos da Vacina que não são conhecidos atualmente. Ainda, conforme aplicável, o Comprador reconhece que o Produto não será serializado.”
    https://sei.saude.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=documento_conferir&codigo_verificador=0019603551&codigo_crc=1A550AF8&hash_download=063098faf3746f5d0bd6afdf6a3bc189b4c8fb435b4ffd1f5828b2901762234eaf40bae79257937362621087ef087a3564d0bdcb9236886f57180964db538f6e&visualizacao=1&id_orgao_acesso_externo=0″

  2. Durante 2 anos quase não tinha notícias de crianças infectadas com covid, agora com a possibilidade de obrigatoriedade de vaciná-los, todo dia sai dados do aumento de crianças infectadas com covid, tem algo estranho nisso ai!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.