SP passa a exigir duas doses da vacina contra a covid-19

A Prefeitura alterou o decreto que instituía o passaporte da vacina e passa a exigir a comprovação em todos os eventos
-Publicidade-
O decreto assinado pelo prefeito Ricardo Nunes, do MDB, foi publicado nesta sexta-feira, 7
O decreto assinado pelo prefeito Ricardo Nunes, do MDB, foi publicado nesta sexta-feira, 7 | Foto: Reprodução

A cidade de São Paulo passa, a partir desta sexta-feira, 7, a exigir a comprovação de ao menos duas doses da vacina anticovid para atividades com a presença de público.

A determinação está em um decreto municipal publicado no Diário Oficial, no qual o passaporte da vacina é exigido para festas, bailes e em outros eventos semelhantes em clubes e casas noturnas, independentemente da quantidade de pessoas.

A Prefeitura justifica a decisão alegando “a situação atual da pandemia de covid-19 no município de São Paulo, que aponta aumento do número de casos decorrente da disseminação da variante Ômicron”.

-Publicidade-

Além disso, o texto ressalta que a decisão também se baseou na proximidade do carnaval e “provável realização de festas neste período”.

Implantado em setembro, o passaporte da vacina também é obrigatório em shows, feiras, congressos, jogos e outras atividades do setor de eventos.

Os locais que não respeitarem a determinação estão sujeitos a penalidades, como a cassação da licença de funcionamento.

A recomendação municipal é que todos os estabelecimentos da cidade exijam a comprovação, mesmo os voltados a outras atividades não contempladas no decreto.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.