União Europeia retomou o interesse em acordo com o Mercosul, diz Guedes

Segundo o ministro da Economia, há uma disposição dos europeus em avançar nas negociações
-Publicidade-
Paulo Guedes está em Washington, nos Estados Unidos, para a reunião anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional
Paulo Guedes está em Washington, nos Estados Unidos, para a reunião anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional | Foro: Edu Andrade/Ascom/ME

A União Europeia está mais próxima de retomar o interesse em negociar um acordo comercial com o Mercosul, de acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele declarou isso na noite de quinta-feira 21, em Washington, nos Estados Unidos, onde está para a reunião anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional.

Segundo ele, representantes europeus afirmaram que há uma disposição em avançar as conversas sobre o Mercosul e que elas estão mais concretas e fluidas. As negociações estão paralisadas há 20 anos entre os dois blocos econômicos.

De acordo com o ministro, as consequências causadas pela guerra na Ucrânia fizeram o Brasil se firmar como uma alternativa para o restante do mundo.

-Publicidade-

“O Brasil é do bem. Somos contra a guerra”, disse Guedes. Para ele, no atual contexto global, o país se firmou como peça-chave para o mundo em questão de segurança alimentar e energética e que pode ser um destino seguro para os investidores.

Guedes afirmou ainda que, desde o início de governo, o Brasil nunca foi tão bem percebido no mundo como agora. “O Brasil está sendo tratado de forma diferente, e muito melhor”, apontou o ministro, sobre mais um indicador da melhora da percepção internacional sobre o país.

O ministro destacou também os esforços brasileiros para ampliar a inserção do país na economia mundial. Dentro desse contexto, destacou a importância do avanço no processo de adesão do Brasil à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.