Vereador do PT entra na Justiça para cobrar reajuste salarial

Lindbergh Farias quer obrigar a prefeitura do Rio de Janeiro a conceder 20% de aumento a servidores municipais
-Publicidade-
O petista quer fazer pressão contra a prefeitura fluminense
O petista quer fazer pressão contra a prefeitura fluminense | Foto: Divulgação

O vereador Lindbergh Farias (PT) entrou com ação no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) para obrigar a prefeitura a reajustar o salário dos servidores municipais.

O petista pede que o município conceda um aumento de 19%, considerando a inflação acumulada entre fevereiro de 2019 — última vez que foi aplicado o aumento — e dezembro de 2021.

A notificação judicial foi encaminhada em 8 de fevereiro. O documento cita a legislação municipal — aprovada no governo do ex-prefeito Cesar Maia (DEM) — que determina o reajuste da categoria com base no Índice Geral de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-E).

-Publicidade-

“Em 2021, a prefeitura do Rio gastou 42% com salários, sendo que o limite é de 54%. Para este ano, há previsão de aumento de 27% na arrecadação. Nós sabemos que há espaço fiscal para conceder essa recomposição”, disse Farias.

O vereador do PT acredita que, com a pressão política na Câmara dos Vereadores e dos servidores, a prefeitura deve rever o porcentual de aumento.

Em 2020 e 2021, o aumento ao funcionalismo ficou suspenso devido à lei federal de autoria do deputado federal licenciado e secretário de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo (MDB), aprovada no contexto da pandemia. Para este ano, a pasta estuda aplicar reajuste de 3%.

Leia também: “A esquerda ama odiar”, artigo de Augusto Nunes publicado na edição 98 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

28 comentários Ver comentários

  1. E quantos lixos como este existem na política brasileira…são 32 partidos meus amigos…este ano de eleições temos a chance de eliminar este tipos de ratos e baratas de esgoto da política nacional brasileira….

  2. Sempre olhando seu próprio umbigo , característica deste cidadão.
    Petista…..primeiro, sua função/cargo, não deveria ser remunerado, vc deveria “investir” suas horas para ajudar a cidade.
    Sobre os funcionários publicos que estão com seus cargos garantidos, ou seja, não podem ser desligados, deveriam olhar para a iniciativa privada onde os empresários estão lutando para sobreviver, garantir e gerar os empregos dos brasileiros.

  3. Nao sabia que esse canalha era vereador no RJ, os cariocas nao aprendem. De senador para vereador, for,ca cariocas um dia vcs conseguirao tirar esse lixo da politica, acredito em vcs!!!

  4. PT sempre à serviço de uma minoria elitizada, como sempre. O esforço deste partido sempre será afundar a economia do país. Destruiu a prefeitura de Nova Iguaçu e ainda teve gente votando nele. Brasil não aprende.

  5. Putz!! Esse vagabundo ainda não foi banido da política?? Pô os cariocas deram mole em eleger uma porcaria dessa!! Lamentável que ainda deram voz a essa “coisa” aí!!!

    1. Como carioca também não sabia… Gostaria muito de saber o perfil destas pessoas que votaram neste sujeito. Afundou a prefeitura de Nova Iguaçu.

  6. Esse SAFADO ainda está na política do Rio de Janeiro??? Ainda consegue ser eleito a alguma coisa??? O povo carioca não tem jeito mesmo, sofre, sofre e continua elegendo PORCARIAS.

  7. Esse porqueira, vai descendo ladeira abaixo, de senador passou vereador o que ainda é muita coisa pras qualificações dele, não menosprezando nenhum gari, mas, logo será um, se, se dispuser a trabalhar para se sustentar.

  8. É isso mesmo, a inflação está aí, é canalhice não conceder aumentos para todos e não para os amigos do rei. E que se alastre para o funcionalismo público federal, já que os que apoiam essa covardia de não dar aumentos de acordo com a inflação deveriam ter seus salários retroagido aos valores de 2016 quando deram o golpe e mantiveram os valores daquele ano para todos os funcionários públicos. Canalhas!!!? E aqueles babacas que ficam criticando o funcionalismo público, estudem para serem iguais, mais preferem ser escravos do privado.

    1. Se levarmos em conta o erro grosseiro de português: “… estudem para serem iguais, mais preferem ser escravos do privado.”, acho que não precisa estudar muito pra ser funcionário público.
      Outro pequeno problema: de onde você acha que se origina o dinheiro que paga o salário do funcionalismo público? Dá em árvores? Toda a grana vem do setor privado, que está em grandes dificuldades por causa dos trancadores da pandemia. Os trabalhadores do setor privado, se estiverem empregados, já ganham muito menos que o funcionalismo público em funções equivalentes e estão amargando estagnação salarial.
      Governo não gera riqueza só consome.
      Dê uma estudadinha em princípios básicos de economia.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.