‘Academia do Agronegócio’: empresas lançam plataforma on-line de educação

Iniciativa chega com o objetivo de fornecer conteúdos exclusivos para o setor
-Publicidade-
Mais uma plataforma de cursos online, mas voltada exclusivamente ao agronegócio | Foto: REPRODUÇÃO
Mais uma plataforma de cursos online, mas voltada exclusivamente ao agronegócio | Foto: REPRODUÇÃO | academia do agronegócio - agroead

Iniciativa chega com o objetivo de fornecer conteúdos exclusivos para o setor

academia do agronegócio - agroead
Mais uma plataforma de cursos on-line, mas voltada exclusivamente ao agronegócio | Foto: REPRODUÇÃO

Fornecer ao público interessado um projeto a ser reconhecido como “Academia do Agronegócio”. É com esse objetivo que a agência de marketing e21, o Instituto de Educação no Agronegócio (I-UMA) e o site Agrolink se uniram para o desenvolvimento do AgroEAD. A criação da plataforma, que já está disponível na internet, foi anunciada na tarde desta sexta-feira, 2.

-Publicidade-

Leia mais:O coronavírus não contaminou o agronegócio no Brasil

Fazendo referência ao ensino a distância em seu próprio nome, AgroEAD terá dois formatos de aulas. Além de tutoriais particulares, com cada aluno podendo seguir seu ritmo de aprendizagem, o projeto promoverá encontros virtuais com as turmas dos cursos. Segundo os idealizadores do programa, a ideia é fazer com o que o estudante consiga encontrar a melhor maneira em conciliar os cursos com seu trabalho no meio agrícola.

Diretor-presidente da e21, Luciano Vignoli demonstra entusiasmo com o projeto. De acordo com ele, a “Academia do Agronegócio” é algo exclusivo no mercado agro do país. Nesse sentido, ele salienta a importância do trabalho conjunto feito pelas empresas idealizadoras do projeto que surge com a missão de promover a capacitação profissional voltada à alta gestão do setor.

“Confiantes no sucesso dessa jornada”

“Não poderíamos ter sócios melhores para essa startup. O I-Uma foi a instituição pioneira na educação voltada ao agronegócio brasileiro. E o Agrolink —um dos maiores portais do mundo, no setor — dispensa apresentações. Mas o mais importante a destacar são as pessoas que tocam os negócios, amigos da casa, de alta capacidade empreendedora e negocial. Estamos muito felizes com o lançamento da plataforma e absolutamente confiantes no sucesso dessa jornada”, comenta Vignoli.

Primeiros cursos

 

O AgroEAD tem no início de suas atividades um curso divulgado: “gestão na pecuária“, que terá inscrições abertas “em breve”. Com 15 horas de conteúdos, a disciplina tem como professor Júlio Barcellos. Professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), ele é médico veterinário, PhD e orientador de mestrado e doutorado em agronegócio e zootecnia. Tem, inclusive, mais de 300 artigos publicados sobre os temas.

Além de Barcellos, o AgroEAD já tem anunciado Alexandre Valente Selistre como professor. A ele caberá conduzir as aulas de “contratações no agronegócio” e “agronegócio e a legislação ambiental”. Por enquanto, os detalhes dos dois cursos não foram revelados pela plataforma.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.