Contra covidão, MP e TCU querem alerta para compras suspeitas

Promotores e procuradores pedem mais transparência nos gastos de estados e municípios durante a pandemia de coronavírus
-Publicidade-
O governador do Rio, Wilson Witzel, e a primeira-dama, Helena: a saúde não aguentou | Foto: Philippe Lima/Governo do Estado do Rio de Janeiro
O governador do Rio, Wilson Witzel, e a primeira-dama, Helena: a saúde não aguentou | Foto: Philippe Lima/Governo do Estado do Rio de Janeiro | wilson witzel - helena witzel - covidão fluminense - operação favorito

Promotores e procuradores pedem mais transparência nos gastos de estados e municípios durante a pandemia de coronavírus

wilson witzel - helena witzel - covidão fluminense - operação favorito
O governador do Rio, Wilson Witzel, e a primeira-dama, Helena | Foto: Philippe Lima/Governo do Estado do Rio de Janeiro
-Publicidade-

O Ministério Público Federal (MPF) e o mesmo órgão dentro do Tribunal de Contas da União (TCU) recomendaram ao governo federal melhorar o sistema de compras e licitações já existentes.

O objetivo da medida seria melhorar o software conhecido como Comprasnet para que acusasse indícios de irregularidades ou risco de ineficiência na aplicação de recursos públicos.

Desta maneira, procuradores e promotores acreditam que seria possível evitar a judicialização de casos por suspeitas de fraudes em licitações e aquisições emergenciais.

Durante a pandemia de coronavírus, tem se tornado rotina a investigação de casos do tipo. Algumas envolveram também governadores, como o fluminense Wilson Witzel e o paraense Hélder Barbalho, alvos de mandados de busca e apreensão da Polícia Federal.

Amazonas, Amapá, Tocantins e Pernambuco também já têm investigações abertas, casos que ficaram conhecidos como covidões.

Leia também: O ataque do covidão

Nas recomendações feitas, MPF e TCU pedem que:

  • Prefeituras, Estados e organizações sociais sejam obrigadas pelo governo federal a usar o Comprasnet
  • O Comprasnet deve ser melhorado com um alerta eletrônico, pelo Ministério Público e pelo TCU quando houver indícios de sobrepreço nas compras
  • O sistema precisa ter comparação de preços. Fala-se em acrescentar dados das Receitas Federal e Estadual
  • Os códigos de transferências de dinheiro da saúde e do coronavírus devem ser padronizados com o intuito de facilitar o rastreamento dos recursos

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site