BC prevê queda menos acentuada para o PIB neste ano

Resultado do índice de atividade econômica contribuiu para a boa notícia
-Publicidade-
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Resultado do índice de atividade econômica contribuiu para a boa notícia

atividade econômica
Brasil sairá da chamada recessão técnica no próximo trimestre | Foto: Divulgação/Agência Brasil

O Banco Central (BC) informou nesta segunda-feira, 23, que a expectativa para a economia este ano passou de retração de 4,66% para queda de 4,55%. Há quatro semanas, a estimativa era de baixa de 4,81%. Para 2021, o mercado financeiro elevou a previsão do Produto Interno Bruto, de alta de 3,31% para 3,40%. As informações constam no mais recente Boletim Focus, cujos dados foram levantados na semana passada em pesquisa com mais de 100 instituições financeiras. De acordo com o documento, um dos fatores que ajudou na melhora das previsões é o resultado do índice de atividade econômica da instituição, o IBC-Br. O dispositivo indicou que o Brasil sairá da chamada recessão técnica no próximo trimestre, com avanço de 9,5% no terceiro trimestre do ano.

-Publicidade-

Leia também: “Confiança da indústria alcança máxima em 10 anos”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.