Bolsa encerra em alta com corte na PEC da Gastança

O Ibovespa subiu quase 1% e o dólar caiu
-Publicidade-
B3, a Bolsa de Valores do Brasil | Foto: Reprodução/B3
B3, a Bolsa de Valores do Brasil | Foto: Reprodução/B3 | INTERNA DO MEYER!!!

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores do Brasil (B3), encerrou em alta nesta terça-feira, 6. No pregão de hoje, o indicador fechou cotado pouco acima dos 110 mil pontos. Por sua vez, o dólar terminou em queda, valendo R$ 5,27.

Em comparação às cotações do dia anterior, o Ibovespa teve quase 1% de ganhos e o dólar perdeu pouco menos de 0,5% do valor. Os resultados na bolsa ocorreram em meio aos cortes da PEC da Gastança, durante a aprovação da proposta no Conselho de Constituição e Justiça do Senado.

Originalmente, o texto enviado propunha quase R$ 200 bilhões de aumento nos gastos de 2023 a 2006, sendo R$ 175 bilhões para o Auxílio Brasil. O projeto aprovado, entretanto, limitou o aumento autorizado pela PEC da Gastança a R$ 145 bilhões.

-Publicidade-

O mercado segue atento a um possível descontrole dos gastos durante o novo mandato de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Depois de eleito, o petista fez comentários que indicam um caminho contrário ao da austeridade nas contas públicas.

Em 10 de novembro, por exemplo, Lula questionou a necessidade de manter superávits, cortar gastos e “garantir a estabilidade fiscal”. Além disso, ele ainda não divulgou os nomes que vão liderar a equipe econômica do novo governo.

Os investidores também aguardam o anúncio do Comitê de Política Monetária do Banco Central sobre a taxa de juros básicos da economia no Brasil. O órgão começou hoje a reunião sobre o tema e deve se manifestar amanhã quanto ao valor a ser definido.

Leia também: “Herança bendita”, matéria da mais recente Edição da Revista Oeste 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Alívio de um dia. Passaremos quatro anos nessa gangorra. Fatiar o ministério da economia em três, deve ser para dar errado. E nós trabalhadores, estaremos aqui em Nárnia,para financiar a roubalheira. Somente um suposto “economista” participaria desta aberração e vão brigar por poder e dinheiro. O “capo” quer ter um “olheiro” marionete, para ele decidir o que quer fazer com dinheiro, por exemplo, enviar à ditaduras e depois dividirem o suado dinheiro do trabalhador. Filme repetido.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.