Boulos jura que não disse o que disse

Depois de afirmar que realizar concursos públicos ajudaria a equilibrar a Previdência, candidato do Psol tentou explicar-se
-Publicidade-
Guilherme Boulos é o candidato do Psol à prefeitura de São Paulo | Foto: Reprodução/Instagram
Guilherme Boulos é o candidato do Psol à prefeitura de São Paulo | Foto: Reprodução/Instagram | guilherme boulos - tre-sp - wagner moura

Depois de afirmar que realizar concursos públicos ajudaria a equilibrar a Previdência, candidato do Psol tentou explicar-se

guilherme boulos - tre-sp - wagner moura
Guilherme Boulos é o candidato do Psol à prefeitura de São Paulo | Foto: Reprodução/Instagram
-Publicidade-

Nesta quarta-feira, 18, durante a sabatina do Estadão, Guilherme Boulos, candidato do Psol à prefeitura de São Paulo, revelou que tinha a fórmula perfeita para resolver o problema da Previdência pública na cidade. “Sabe por que a Previdência do serviço público se torna deficitária?”, começou o candidato, já empolgado. “Por que não se faz concursos”, respondeu, antes de expor os detalhes da intrigante teoria. “Porque para a previdência se equilibrar você tem que ter gente contribuindo, não só gente recebendo. Então você tem mais gente se aposentando, virando inativo para receber na Previdência e, como não se faz concurso, você tem menos gente contribuindo para a Previdência pública. Fazer concurso é uma forma de arrecadar mais para a Previdência pública e você equilibrar a conta com os inativos. Então, é isso que eu vou fazer.”

Em minutos, dezenas de memes começaram a surgir nas redes sociais:

Como não pegou bem, Boulos tentou explicar-se. “Um trecho da sabatina foi retirado de contexto e passou a ser divulgado nas redes sociais”, afirmou. “Nesse trecho, eu argumento que usar o déficit da Previdência municipal como justificativa para não fazer concursos não faz sentido do ponto de vista contábil, já que os servidores contratados passariam a contribuir também para o Fundo de Previdência”, disse. “Eu não defendo que a forma de equilibrar a Previdência seja através de novas contratações. A maneira como eu me expressei e tirada do contexto da pergunta, pode ter levado a crer nisso, que não é a minha posição”.

Conclusão: Boulos disse, mas não disse o que disse e também não disse o que realmente queria dizer.

 

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site