Concessão da Via Dutra vai a leilão nesta sexta-feira

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, é "o maior leilão rodoviário da história" em volume de investimentos
-Publicidade-
O governo prevê investimentos de quase R$ 15 bilhões ao longo do tempo de contrato
O governo prevê investimentos de quase R$ 15 bilhões ao longo do tempo de contrato | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governo federal realiza nesta sexta-feira, 29, o leilão da nova concessão da Rodovia Presidente Dutra, como é conhecido o trecho da BR-116, principal entroncamento rodoviário do país e que liga as regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro. O projeto também inclui trecho da BR-101, entre a divisa dos dois Estados até Ubatuba, no litoral paulista.

O leilão será conduzido pela Agência Nacional de Transportes Terrestres e pelo Ministério da Infraestrutura e está marcado para começar a partir das 14 horas, na sede da Bolsa de Valores, em São Paulo.

O vencedor do leilão administrará a estrada por 30 anos. A concessão abrange 625 quilômetros de extensão, atravessando 33 municípios. O governo prevê investimentos de quase R$ 15 bilhões ao longo do tempo de contrato.

-Publicidade-

A concessão vai estrear a modalidade de uma tecnologia que permite a cobrança sem interromper o tráfego e a adoção de uma tarifa 66% menor nos fins de semana e feriados. E o valor dos trechos de via única será inferior ao dos trechos de via dupla.

O concessionário também dará desconto para usuários frequentes e para os que pagarem pedágio por sistema eletrônico.

O leilão usa o modelo híbrido, combinando maior outorga e menor tarifa, com deságio de até 15 % do valor definido no edital.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. A via Dutra enfrenta hoje um problema crônico com excesso de caminhões utilizando a única faixa de 110km/h permitida somente agora automóveis e, consequentemente, gerando muito congestionamento, tanto no sentido SP-RJ quanto RJ-SP (não existe uma 3ª faixa que se faz urgente sua construção), pedestres e ciclistas(!)
    O que se esperar da nova concessão/administração?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.