Danone venderá participação bilionária em empresa chinesa

Fabricante de iogurtes anunciou revisão estratégica de seus negócios
-Publicidade-
CEO da Danone afirmou que as vendas diminuíram drasticamente em 2020
CEO da Danone afirmou que as vendas diminuíram drasticamente em 2020 | Foto: Divulgação/Danone

De modo a financiar a recompra de ações, a Danone informou que venderá a participação de US$ 1,03 bilhão que tem na China Mengniu Dairy, empresa do setor de laticínios. A companhia francesa tenta aumentar o retorno de acionistas em meio à pressão de investidores descontentes — apesar da decisão, garante que a parceria com o país asiático é estratégica. Conforme o CEO da Danone, Emmanuel Faber, as vendas diminuíram drasticamente no ano passado. Em outubro, a fabricante de iogurtes anunciou revisão estratégica de seu modelo de negócios. Empresas menores sob o guarda-chuva da Danone, como a argentina Vega, foram transferidas a outros donos.

Leia também: “Corretora Robinhood negocia pagar multa de US$ 26,6 mi para encerrar investigação”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.