Focus, do Banco Central, rebaixa projeção de crescimento

O PIB deve fechar o ano em 4,51%, número menor que a última previsão da autoridade monetária
-Publicidade-
O IPCA deve fechar o ano variando 10,02%
O IPCA deve fechar o ano variando 10,02% | Foto: Steve Buissine/Pixabay

O último Boletim Focus de 2021 foi publicado pelo Banco Central na manhã desta segunda-feira, 27.

Os especialistas ouvidos pela autoridade monetária brasileira consideram, em média, que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) deve fechar o ano variando 10,02% — ante expectativa de alta de 10,04% na última semana.

Para o câmbio, os especialistas preveem que o dólar fechará o ano negociado a R$ 5,63, ante a R$ 5,60 há uma semana.

-Publicidade-

Já o Produto Interno Bruto (PIB) deve avançar 4,51%, número menor do que os 4,58% trazidos no último Boletim Focus.

2022, segundo o Banco Central

Para o próximo ano, o destaque no documento é a nova diminuição da projeção do PIB.

Agora, os principais gestores e analistas veem a economia brasileiro crescendo 0,42%. Há uma semana, a projeção era de 0,50%.

A tendência se repete também para 2023, com a expectativa de crescimento saindo de 1,85% para 1,80%.

As projeções para o PIB, em todos os anos, vêm sendo impactadas pela perspectiva de alta dos juros, que tende a minar o crescimento econômico.

Fora isso, houve mudança nas projeções para 2022 apenas para o câmbio, que saiu de R$ 5,57 para R$ 5,60.

O Banco Central continua vendo o IPCA fechando o próximo ano em 5,03% e a Selic — taxa básica de juros da economia —, em 11,50%.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.