Geração de emprego cresce 131% em julho

Houve expansão do número de vagas de trabalho em todas as regiões do país
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Mídias Sociais
Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O Brasil registrou saldo de 316 mil vagas de emprego formal criadas em julho. O número é 3,8% superior que o volume do mês anterior (304 mil) e 131% maior em relação ao mesmo período em 2020. O desempenho é o segundo melhor para 2021, ficando atrás apenas de fevereiro (397 mil). A criação de novos postos de trabalho nos sete primeiros meses doa ano atingiu 1,8 milhão.

Leia também: “Guedes, sobre aumento da arrecadação federal: ‘Vigoroso crescimento econômico’”

O resultado de julho é fruto de 1,656 milhão de admissões e 1,339 milhão de desligamentos. Ao todo, o Brasil alcançou 41,2 milhões de pessoas com emprego formal — registrado na Carteira de Trabalho e Previdência Social.

-Publicidade-

A distribuição das contratações em julho

O setor de serviços liderou o saldo de contratações com 127,7 mil novas vagas, seguido do comércio (74,8 mil), da indústria (58,8 mil), da construção (29,8 mil) e da agropecuária (25,4 mil).

A expansão foi registrada em todas as regiões do país. O Sudeste, onde se concentra a maior parte da população nacional, gerou 161,9 mil novos postos de trabalho. Na sequência aparecem Nordeste (54,4 mil), Sul (42,6 mil) Centro-Oeste (35,2 mil) e Norte (22,4 mil).

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro