Governo investe R$ 3 bilhões em equipamentos contra a covid-19

Desde o início da pandemia de coronavírus, 7,1 mil compras emergenciais foram realizadas
-Publicidade-
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Desde o início da pandemia de coronavírus, 7,1 mil compras emergenciais foram realizadas

governo
5,1 mil fornecedores abasteceram a administração pública e a sociedade com insumos contra a covid-19
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Desde fevereiro deste ano, o governo federal já gastou R$ 2,9 bilhões em insumos médicos, como máscaras, álcool em gel e termômetros para enfrentar o coronavírus. Além disso, o dinheiro também serviu para contratar serviços de manutenção de equipamentos médico-hospitalares. Os dados constam no Painel de Compras Covid-19, que detalha as aquisições emergenciais realizadas pelo Ministério da Economia. Até o momento, 7,1 mil compras foram realizadas. Conforme o painel, 5,1 mil fornecedores abasteceram a administração pública e a sociedade com insumos contra o vírus chinês.

-Publicidade-

Leia também: Acompanhe a evolução da covid-19 no Brasil e no mundo

De acordo com informações oficiais, os órgãos que mais realizaram aquisições, em relação ao valor total comprado, foram a Fundação Oswaldo Cruz, com pouco mais de R$ 1 bilhão. O Mistério da Cidadania, com R$ 397 milhões. E o Ministério da Saúde, com R$ 277 milhões. Os dados indicam, ainda, que os Estados onde os órgãos federais mais compraram foram o Distrito Federal, com R$ 1,21 bilhão, seguido do Rio de Janeiro, com R$ 1,18 bilhão. Dessa forma, do total comprado pelo governo, R$ 2,7 milhões foram através de dispensa de licitação, que representa 6,7 mil aquisições.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro