Honda suspende produção no Brasil devido à pandemia

É a oitava montadora a paralisar as atividades no país
-Publicidade-
A Honda é mais uma empresa automobilística a paralisar a produção no Brasil
A Honda é mais uma empresa automobilística a paralisar a produção no Brasil | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A Honda anunciou nesta sexta-feira, 26, a suspensão das atividades no Brasil devido ao agravamento da pandemia de covid-19. É a oitava montadora a paralisar a produção no país pelo mesmo motivo. Toyota, Nissan, Volkswagen, Mercedes-Benz, Renault, Volvo e Scania já haviam aunciado a suspensão. Segundo a Honda, a paralisação temporária das operações nas unidades de Sumaré e Itirapina, no interior de São Paulo, ocorrerá de 30 de março a 9 de abril. A retomada está prevista para 12 de abril, segundo informações do Valor Econômico. O formato de compensação das horas não trabalhadas no período está em negociação com o sindicato, segundo a montadora. “A Honda reforça que as medidas adotadas visam a preservar a saúde e a segurança das pessoas”, explicou. “Além disso, a empresa segue empenhada em minimizar os impactos da pandemia em sua cadeia de valor, bem como os inconvenientes ao consumidor”, concluiu a montadora.

Leia também: “Efeito pandemia: montadoras paralisam atividades de produção”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. A Honda com este papinho que está preocupada com a saúde das pessoas, conta outra, se tivesse vendendo muito eles iríam dobrar o número de funcionários.

    1. Outro erro. Esses trabalhadores segue um protocolo rigoroso quando estão trabalhando na Empresa, coisa q não acontece quando estão em casa ou na rua. Ou seja, o risco de contaminação é bem maior quando não estão trabalhando.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.