-Publicidade-

IGP-10 sobe 0,07% em maio

Índice mede inflação nos dez primeiros dias do mês. Na comparação com abril, houve queda de 6,19%, mas, em 2020, taxa já soma 2,96%..
Preços dos atacado ajudaram IGP-10 de maio a ficar quase na estabilidade | Foto: Kellu2/Pixabay
Preços dos atacado ajudaram IGP-10 de maio a ficar quase na estabilidade | Foto: Kellu2/Pixabay

Índice mede inflação nos dez primeiros dias do mês. Na comparação com abril, houve queda de 1,06 ponto percentual

Preços dos atacado ajudaram IGP-10 de maio a ficar quase na estabilidade | Foto: Kelly2/Pixabay

O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) da Fundação Getúlio Vargas subiu 0,07% nos dez primeiros dias de maio. Isso significa uma queda de 6,19% com relação ao mesmo período do mês de abril, quando o índice subiu 1,13%.

Com o resultado de maio, o IGP-10 acumula taxas de inflação de 2,96% em 2020 e de 6,07% nos últimos 12 meses.

A queda da taxa de abril para maio foi puxada pelos três subíndices que compõem o IGP-10. A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, caiu de 1,52% em abril para 0,25% em maio. A inflação do Índice Nacional de Custo da Construção recuou de 0,29% para 0,19% no período.

Já o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, registrou deflação de 0,51% em maio. Em abril, o subíndice havia registrado inflação de 0,33%.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.