Inflação ao produtor na Alemanha bate recorde histórico

Alta foi de 24,2% em dezembro de 2021, em valores anualizados
-Publicidade-
Alemanha registrou um recorde no índice de inflação ao produtor em dezembro
Alemanha registrou um recorde no índice de inflação ao produtor em dezembro | Foto: RalfWieckhorst/ Pixabay

O Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) bateu um novo recorde histórico na Alemanha em dezembro do ano passado. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 20, pela Destatis (agência oficial de estatísticas do país), a alta do indicador foi de 24,2%, em valores anualizados.

Em novembro, o PPI alemão havia registrado alta de 19,2%. O resultado do mês passado é o mais elevado da série histórica do levantamento.

Na comparação com o mês anterior, a inflação ao produtor subiu 5% em dezembro.

-Publicidade-

O indicador sofreu forte impacto do aumento dos custos da energia, que dispararam quase 70% em dezembro, na comparação anual.

Sem contar a energia, o avanço do PPI na Alemanha de um ano para o outro foi de 10,4% em dezembro. Ainda de acordo com a Destatis, no acumulado do ano passado, a alta média do índice ficou em 10,5% em relação a 2020.

O Índice de Preços ao Produtor, em linhas gerais, é um índice de inflação que calcula a evolução dos preços de produtos do agronegócio e da indústria no setor de atacado.

Como noticiado por Oeste, a inflação geral da Alemanha fechou 2021 em alta de 3,1%. De acordo com a Destatis, trata-se do índice mais elevado desde 1993. As maiores taxas foram verificadas em energia (mais de 18%) e alimentos (6%). Para 2022, a previsão é de alta superior a 3%.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) do país, a economia alemã cresceu 2,7% no ano passado, na comparação com 2020, segundo dados preliminares divulgados na semana passada. O resultado veio de acordo com as expectativas de analistas do mercado consultados pelo jornal The Wall Street Journal. Em 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) alemão havia recuado 4,6%.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.