Inflação dos Estados Unidos sobe e fica acima do esperado

O índice foi pressionado pelos preços de energia e de alimentos, que avançaram na base anual
-Publicidade-
O indicador veio acima da estimativa dos economistas
O indicador veio acima da estimativa dos economistas | Foto: Reprodução/Pexels

O Departamento do Trabalho dos Estados Unidos (EUA) informou nesta quarta-feira, 13, que o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) subiu 0,4% em setembro. O indicador veio acima da estimativa dos economistas consultados pela agência de notícias Reuters, que projetavam crescimento de 0,3%.

Leia também: “Banco Central trabalha para manter inflação dentro da meta”

O índice revelou que os preços de energia subiram 1,3% em setembro, enquanto os de alimentos avançaram 0,9%, na base mensal. Na base anual, os preços subiram 5,4%, ante estimativa de alta de 5,3%.

-Publicidade-

Já o núcleo dos preços avançou 0,2% na base mensal, em linha com o esperado. Na comparação anual, a alta foi de 4%, também seguindo as projeções.

O indicador será importante para definir os próximos passos do Federal Reserve (Fed, na sigla em inglês, Banco Central dos EUA) sobre a política monetária norte-americana.

Leia também: “Zona do Euro registra queda 1,6% na produção industrial em agosto”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.