ITA Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, é notificada pelo Procon

Em resposta aos cancelamentos de voos desse fim de semana, empresa pode receber multa de R$ 11 milhões
-Publicidade-
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira, 20, o Procon-SP notificou a ITA Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim. Se a empresa for multada, a penalidade pode chegar a R$ 11 milhões. O aviso foi feito devido aos prejuízos causados pela suspensão de voos, que aconteceu na sexta-feira 17.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) orientou a Itapemirim a prestar atendimento integral e imediato a todos os passageiros, e avisar cada passageiro sobre o cancelamento de voos.

Apesar disso, milhares de pessoas ainda não conseguiram entrar em contato com a entidade para remarcar suas passagens com outras companhias áreas. O órgão de defesa do consumidor orienta os viajantes prejudicados a fazerem uma reclamação formal em seu site.

-Publicidade-

A Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo será procurada para julgar uma ação civil pública para indenização por dano moral coletivo, afirmou o presidente do Procon-SP, Fernando Cápez.

Cancelamentos de voos da ITA

Apesar de o aviso ter sido feito há três dias, os cancelamentos já estavam acontecendo antes dessa data. A suspensão das atividades era feita sem nenhum aviso antecipado aos passageiros, às autoridades e aos funcionários da instituição.

Até o dia 31 de dezembro, a companhia aérea tinha 513 voos programados, e as operadoras de turismo estimam que cerca de 8 mil passageiros serão prejudicados. E, no começo de janeiro, esse número pode chegar a 40 mil.

O serviço da ITA parou para que a empresa pudesse fazer ajustes operacionais, e a Agência Nacional de Aviação Civil já foi informada.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.