Mourão volta a dizer que espaço para reajuste de servidores é ‘pequeno’

'É um espaço pequeno, não dá para todo mundo. Vai dar o quê? R$ 0,10 para cada um de aumento?', disse vice-presidente
-Publicidade-
Vice-presidente da República, Hamilton Mourão <i>(à esq.)</i> | Foto: Bruno Batista /VPR
Vice-presidente da República, Hamilton Mourão (à esq.) | Foto: Bruno Batista /VPR

O vice-presidente Hamilton Mourão voltou a dizer nesta segunda-feira, 24, que não há muito espaço no Orçamento de 2022 para reajustes a diversas categorias do funcionalismo público.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a proposta orçamentária para este ano, com a reserva de R$ 1,7 bilhão para esses reajustes. A sanção foi publicada no Diário Oficial da União.

“Tem esse espaço de R$ 1,7 bilhão, mas ele é pequeno, né? É um espaço pequeno, não dá para todo mundo. Vai dar o quê? R$ 0,10 para cada um de aumento?”, disse Mourão nesta manhã, em conversa com jornalistas.

-Publicidade-

Na semana passada, como noticiado por Oeste, Mourão já havia falado sobre as dificuldades de conceder reajustes para os funcionários da administração federal.

Servidores do Banco Central (BC), por exemplo, paralisaram as atividades por duas horas na terça-feira 18, para reivindicar reajustes em seus vencimentos. De acordo com os sindicalistas, cerca de 500 funcionários que ocupam funções de chefia já se comprometeram a entregar seus cargos caso as negociações não avancem.

As reivindicações de servidores federais de diversos órgãos tiveram início a partir da indicação de Bolsonaro de que apenas carreiras policiais seriam contempladas com reajuste neste ano.

Apesar da previsão orçamentária, o presidente da República ainda não decidiu se, de fato, concederá o aumento.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.