Eletrobras cresce com possibilidade de privatização

Valorização das ações da empresa pode chegar a 20%, segundo analistas
-Publicidade-
Privatização é questionada na Justiça | Foto: divulgação Eletrobras
Privatização é questionada na Justiça | Foto: divulgação Eletrobras

As ações da Eletrobras subiram 3,45% na quinta feira 19 com a decisão do Tribunal de Contas das União de aprovar o início do processo de privatização da estatal. O preço da ação ordinária chegou a R$ 44,06 na quinta. Ontem, sexta, houve uma pequena baixa e o papel encerrou a sessão a R$ 43,97.

Gustavo Pazos, analista da Warren, declarou à CNN Brasil que “com a privatização, as ações passem a valer, no mínimo, R$ 53, mas podendo atingir patamares maiores. A consultoria Refinitiv vai um pouco além e aponta uma cotação futura de R$ 54,11, o que indicaria uma valorização de 20% com relação ao preço atual.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Quando vamos conhecer a lista de privilégios que os funcionários da Eletrobrás possuem bem como os salários que cada um deles ganham? Isso a Globo não mostra. Privatização já! Bolsonaro 22.

  2. Q privatiza tudo.
    Tomara que apareçam mais pessoas como Elon Musk.
    Precisamos também de fábricas de fertilizantes, fábricas de painéis solares, baterias. Fábricas de ventiladores para energia eólica.
    Também de mais refinarias de petróleo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.