‘Problema bastante grave’, diz Campos Neto sobre crise energética

Segundo o presidente do Banco Central, a maior preocupação não é o racionamento, mas o impacto sobre a inflação
-Publicidade-
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, se preocupa com impacto da crise energética sobre a inflação
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, se preocupa com impacto da crise energética sobre a inflação | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, reconheceu nesta sexta-feira, 3, a gravidade da crise energética enfrentada pelo país. Segundo ele, trata-se de um problema sério que deverá se agravar nos próximos meses, e o objetivo do BC é evitar impacto sobre a inflação.

“Obviamente, o reajuste da eletricidade, com as diversas mudanças de bandeira vermelha e essa última bandeira da crise hídrica, tem realmente impactado bastante a inflação. A eletricidade tem o poder de disseminar esse aumento. Temos olhado isso bastante de perto”, disse Campos Neto.

Leia mais: “Mourão: ‘Pode ser que tenha de ocorrer algum racionamento’”

-Publicidade-

Segundo o presidente do BC, a maior preocupação é justamente a inflação e menos um eventual racionamento de energia.

Leia mais: “Bento Albuquerque faz apelo para redução do consumo de energia”

“Se a gente tem uma chuva mesmo um pouco abaixo da média, mas mesmo assim os reservatórios ficam acima de 10%, isso não implica em racionamento. O Brasil até diminuiu a dependência hídrica, mas é um problema bastante grave para a gente nos próximos meses”, completou.

Leia também: “Campos Neto, sobre o PIB: ‘Um pouquinho mais fraco’”

Como noticiamos, a Agência Nacional de Energia Elétrica criou uma tarifa extra a ser cobrada nas contas de luz, que vai adicionar R$ 14,20 às faturas para cada 100 quilowatts-hora consumidos. A nova bandeira representa alta de 49,63% em relação à bandeira vermelha patamar 2, até então a mais alta do sistema.

Leia também: “O que esperar da política energética e mineral”, entrevista com Bento Albuquerque publicada na Edição 42 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro