Salários em estatais chegam a R$ 145 mil; confira

Informações constam no Relatório Agregado das Empresas Estatais Federais, elaborado pelo Ministério da Economia
-Publicidade-
Estatais gastaram R$ 96,6 bilhões em despesas com pessoal em 2020
Estatais gastaram R$ 96,6 bilhões em despesas com pessoal em 2020 | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O Ministério da Economia divulgou informações detalhadas sobre salários e benefícios concedidos a funcionários de 46 estatais brasileiras com controle direto da União. Atualmente, são 460.195 empregados, dos quais 63% homens e 37% mulheres. Ao todo, as empresas gastaram R$ 96,6 bilhões em despesas com pessoal em 2020.

Conforme a segunda edição do Relatório Agregado das Empresas Estatais Federais (Raeef), a Petrobras paga R$ 145 mil por mês ao funcionário mais bem remunerado da petrolífera. O salário mais alto da Eletrobras, por sua vez, é de R$ 93 mil. O empregado bem mais pago da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) recebe R$ 78,6 mil a cada 30 dias.

Benefícios

-Publicidade-

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) custeia 100% do plano de saúde de seus empregados, aposentados e dependentes. São 10.034 pessoas, sendo 4.219 titulares e 5.815 dependentes, que custaram R$ 177,3 milhões no ano passado.

A Caixa Econômica Federal, por sua vez, é responsável por 77% do plano de saúde dos empregados, cujo custo foi de R$ 1,5 bilhão em 2020. O universo de titulares e dependentes foi de 284.566 pessoas.

O Banco do Brasil, que custeia 58% do plano de saúde dos 420.644 funcionários, gastou R$ 2 bilhões. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos paga 68% do custo do plano de saúde para 265.975 pessoas — gasto de R$ 1,5 bilhão.

A Eletrobras, por sua vez, custeia 92% do plano de saúde dos 43.823 beneficiários — gasto de R$ 399 milhões. A Petrobras foi responsável por 73% do custo do plano de saúde de 276.815 beneficiários, registrando gasto de R$ 2 bilhões no ano passado.

Leia também: “Abaixo o salário mínimo”, artigo de Gabriel de Arruda Castro publicado na Edição 51 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

28 comentários

    1. Boa tarde Julio
      É so você passar em um concurso público, que terá os mesmos direitos dos empregados públicos das empresas citadas na reportagem. Simples assim. Isso é democracia.

    2. Porque o redator não busca e informa à população quanto o governo gasta com os benefícios e penduricalhos oferecidos ,não se sabe porque. Aos seus políticos de Brasília?

  1. Não entendi o porquê da lupa sobre o logotipo dos Correios, se sequer essa Estatal foi mencionada na matéria. Nunca e jamais os Correios tiveram e terão remuneração e beneficios no nível colocado.
    Sabe o que está parecendo essa reportagem? Campanha para difamar a Estatal e formar opinião pública para sua privatização, pois a maioria das pessoas nem perdem tempo em ler e já concluem pela chamada e pelo desenho que essa aberração ocorre nos Correios.
    Os Correios são o primo pobre das Estatais. Nunca foi perdularia e foi a que mais retirou os poucos benefícios que restavam dos seus funcionários nos últimos anos.

      1. Que reportagem tendenciosa! A logomarca do Correio aparece para ilustrar os altos salários das empresas estatais sendo que dessa empresa só falaram do plano de saúde. O correio está longe de ter os maiores salários como querem sugerir. E outra coisa: se uma empresa estatal paga os funcionários com o rendimento da própria empresa, QUAl É O PROBLEMA? Só gente desinformada pensa que o salário de TODOS os empregos públicos vêm do Governo.

  2. Realmente não entendi… Pela imagem posta a resumir o conteúdo da matéria, evidencia-se os CORREIOS como empresa pública com altos salários na folha de pagamento. Mas não é isso que se revela a seguir.
    É ruim a impressão que o leitor tem quando vê o seu veículo de informação sendo parcial ou pendendo a alguma tendência ou ideologia.
    Não somos inocentes. Percebemos o fervor de interesse de uma minoria e isso nos faz temer, pois não sabemos o quanto seremos lesados.

  3. Fabio e Jessé, concordo 100% com os seus comentarios. Revista Oeste, preste mais atençao com seus leitores. Olho nos seus artigos.
    Pra ler isso, assinaria ‘O Protagonista’ ou a Piaui.
    Bola fora de voces!!!

  4. Eu acho um absurdo esse REDATOR, UMA REVISTA PERMITIR uma matéria tão falsa e tendenciosa. Usar a imagem dos Correios pra parecer que na Estatal pagam altos salários, quando você abre a matéria constata que nem é citado afinal o salário base nos Correios é R$ 1.860,00. O jornalismo sério andou longe daqui

  5. Concordo que a Empresa de Correios não deveria figurar entre essas, pois gera seus próprios lucros e os salários não são tão bons assim, talvez no primeiro escalão sejam.
    Agora, a pergunta que não quer calar sobre planos de saúde, é o de políticos que ganham os tubos e tem do bom e do melhor com dinheiro público e ninguém pensa em reduzir ou cortar.

  6. Materia encomendada, para confundio o povo.
    Não entendi o porquê da lupa sobre o logotipo dos Correios, se sequer essa Estatal foi mencionada na matéria. Nunca e jamais os Correios tiveram e terão remuneração e beneficios no nível colocado.
    Sabe o que está parecendo essa reportagem? Campanha para difamar a Estatal e formar opinião pública para sua privatização, pois a maioria das pessoas nem perdem tempo em ler e já concluem pela chamada e pelo desenho que essa aberração ocorre nos Correios.
    Os Correios são o primo pobre das Estatais. Nunca foi perdularia e foi a que mais retirou os poucos benefícios que restavam dos seus funcionários nos últimos anos

  7. Primeiro de tudo é rever todas às mordomias que os três poderes tem, o quanto que a gente paga prá manter o luxo , e prá que tanto deputado, tanto vereador, tanto asessor e por aí vai, isso sim tem ser revisto a muito tempo atrás.

  8. Péssima reportagem. Muito tendenciosa e parcial. Jornalismo sério passou longe dessa revista. Estava pensando em me tornar assinante, mas depois que li essa reportagem parcial, vou desistir. Assinarei outra revista.

    1. Concordo, totalmente parcial, isso é matéria paga por quem quer usurpar os brasileiros, na exploração do aumento de tarifas e péssimo serviço, até porque empresário visa lucro e não bom serviço.

      1. Como fique feliz quando vejo jornalista sérios em outros pais da Europa, porém no Brasil fico triste por jornalismo que opina seus pensamentos em vez em busca a verdadeira razões dos fatos. Lamentável.

  9. E por isso que o País está deste jeito com reportagens tendenciosas como está este salários deve ser dos diretores que são colocados pelo governo e não dos funcionários que estão com uma carga de trabalho desumana trabalhando até domingo (sendo obrigados a trabalhar) como funcionários dos correios

  10. Os que ganham uma fortuna como salário, não são funcionários aprovados em concurso público, mas são indicados por políticos. Eles aplicam as cifras de maneira genérica, para passar a ideia de que os funcionários públicos estão onerando o estado, assim eles passam a ideia de que privatizar é a solução, e infelizmente muitos acreditam!

  11. Sinceramente, essa matéria é totalmente tendenciosa, os correios é que tem o menor salário, colocar os correios como destaque, fica claro para nós que ainda lemos o desrespeito a inteligência dos leitores,sem está recebendo para fazer campanha contra os correios isso é ridículo. Porque não fazem um provocação, do porque se vender a única empresa que está em todo Brasil? Se dos 5.570 desse só 324 que dão lucro, os empresários irão atender os 92% dos brasileiros? Os correios entre os 200 correios do planeta é o 3 com a menor tarifa. Isso que vocês deveriam trazer para nós leitores e não propaganda de informações mentirosas. É lamentável hoje o jornalismo brasileiros.

  12. Sinceramente, essa matéria é totalmente tendenciosa, os correios é que tem o menor salário, colocar os correios como destaque, fica claro para nós que ainda lemos o desrespeito a inteligência dos leitores,se está recebendo para fazer campanha contra os correios isso é ridículo. Porque não fazem um provocação, do porque se vender a única empresa que está em todo Brasil? Se dos 5.570 Municípios do Brasil desse só 324 que dão lucro, os empresários irão atender os 92% dos brasileiros? Os correios entre os 200 correios do planeta é o 3 com a menor tarifa. Isso que vocês deveriam trazer para nós leitores e não propaganda de informações mentirosas. É lamentável hoje o jornalismo brasileiros.

  13. Sinceramente você vê Augusto Nunes, como jornalista, é vê o Brasil indo para o buraco, o cara não buscar fatos busca defender a visão política pessoal dele, meu Deus isso não é jornalismo, é desinformação dos brasileiros. Lamentável.

  14. Propaganda enganosa eh crime, entrei pra ver a reportagem por causa da capa, AQUELA LUPA EM CIMA DO LOGO DOS CORREIOS, e nao achei UMA PALAVRA falando dele….

  15. Alias, ateh achei…. mas mais como uma nota de roda pé…. mas como a PRIVATIZAÇAO DO CORREIO esta …NA MODA….usaram de maneira tendenciosa a chamada de capa….

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro