-Publicidade-

Trump consegue vitória em tribunal da Pensilvânia

Juíza entendeu que secretária democrata de Estado violou a legislação local
Trump segue na disputa, mas perdeu dois Estados do "Cinturão da Ferrugem"  Foto: Reprodução/Instagram
Trump segue na disputa, mas perdeu dois Estados do "Cinturão da Ferrugem" Foto: Reprodução/Instagram | Wisconsin e Michigan x trump

Juíza entendeu que secretária democrata de Estado violou a legislação local

Wisconsin e Michigan x trump
Trump segue na disputa | Foto: Reprodução/Instagram

Um tribunal da Pensilvânia entendeu, na quinta-feira 12, que as autoridades locais não tinham o direito de alterar o prazo para recebimento de cédulas eleitorais pelo correio. A secretária democrata de Estado, Kathy Boockvar, permitiu a contabilização dos votos que chegaram até 12 de novembro. Contudo, a lei estabelece que o prazo final é o dia 9. Dessa forma, a juíza Mary Hannah Leavitt determinou a anulação do excedente — ainda não se sabe o número exato de cédulas. A Pensilvânia é o fiel da balança para definir o presidente dos Estados Unidos, porque tem 20 delegados no Colégio Eleitoral. O candidato democrata Joe Biden foi declarado vencedor pela grande mídia. O presidente Donald Trump, porém, garante que houve fraude na eleição.

Leia também: “Na Pensilvânia, 21 mil mortos constam na lista de eleitores”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Não acabou ainda! Inércia e indolência não são opções!

    ”Os piores lugares no inferno estão reservados aqueles que se mantiveram neutros em tempos difíceis!”

  2. Não vai adiantar nada para Trump. Esses votos que chegaram mais tarde não são todos para Biden, claro. E a Pensilvânia já não é mais o Estado decisivo uma vez que Arizona e Georgia já deram vitória de Biden.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês