A Merkel e a Macron, Xi Jinping pede maior cooperação com a China

Líder comunista solicitou 'justiça' para com empresas de seu país
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Xinhua
Foto: Reprodução/Xinhua

O secretário-geral do Partido Comunista da China (PCC), Xi Jinping, propôs expansão comercial com a União Europeia (UE). O objetivo é a melhor resposta para os desafios globais. Em reunião por videoconferência com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, Emmanuel Macron, Xi disse esperar que a UE alcance “independência estratégica e ofereça um ambiente transparente e imparcial para as empresas chinesas”.

Entre outros assuntos, os líderes trataram da proteção ambiental e biodiversidade, combate à pandemia de coronavírus e estoque global de vacinas contra a covid-19. O encontro ocorreu na segunda-feira 5, poucos dias depois de o PCC celebrar 100 anos de existência. Na ocasião, Xi Jinping ameaçou: “Quem intimidar a China, terá a cabeça esmagada contra a Grande Muralha de aço, forjada por mais de 1,4 bilhão de chineses.”

Leia também: “O jogo do gigante”, reportagem publicada na Edição 58 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site