-Publicidade-

Airbnb cancela reservas em Washington D.C. para posse de Biden

Empresa atende à solicitação de autoridades norte-americanas
O próximo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden | Foto: Divulgação/Redes Sociais
O próximo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden | Foto: Divulgação/Redes Sociais

Empresa atende a solicitações de autoridades norte-americanas

O próximo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden | Foto: Divulgação/Redes Sociais

A Airbnb cancelou todas as reservas na região metropolitana de Washington feitas para hospedagens durante a semana de posse do novo presidente dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden. Em comunicado emitido nesta quarta-feira, 13, a empresa informou que atende a solicitações de autoridades municipais, estaduais e federais.

“Em particular, a prefeita [Muriel] Bowser, o governador [Larry] Hogan [de Maryland] e o governador [Ralph] Northam [da Virgínia] foram claros que visitantes não devem viajar para a região metropolitana do D.C. [Distrito de Colúmbia] para a posse”, argumentou. “Além disso, estamos cientes de relatos que surgiram ontem à tarde sobre milícias armadas e grupos de ódio conhecidos que estão tentando viajar e interromper a posse.” A companhia garante, no entanto, que hóspedes e anfitriões serão reembolsados pelos prejuízos financeiros.

A nota também destaca que os norte-americanos identificados como indivíduos ligados à invasão do Capitólio foram banidos da plataforma.

“Identificamos vários indivíduos que estão associados a grupos de ódio conhecidos ou de alguma forma envolvidos na atividade criminosa no Capitólio e os banimos da plataforma do Airbnb”, informou.

Leia também: “Novo pedido de impeachment é ‘ridículo’”, diz Trump”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês